Advogado morre após ficar internado com Covid-19 por 18 dias

Ele atuou como procurador e secretário nos municípios de Várzea Grande, Barão de Melgaço e Jangada.

Advogado mato-grossense Paulo Roberto Gualhardo Guimarães morreu na sexta-feira (30) após ficar internado com coronavírus (Covid-19) por 18 dias — Foto: OAB/MT

O advogado mato-grossense Paulo Roberto Gualhardo Guimarães morreu na sexta-feira (30) após ficar internado com coronavírus (Covid-19) por 18 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital HCamp, de Goiânia.

Em nota, o a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) lamentou a morte do advogado.

Paulo era especialista em Direito Eleitoral, mas também teve forte atuação como representante da imprensa ao criar o extinto Jornal Equipe.

Operando no mesmo segmento, carrega o título de primeiro secretário de Comunicação a assumir pasta homônima criada no Governo Júlio Campos e a secretaria adjunta, no governo Jayme Campos.

Ele atuou como procurador e secretário nos municípios de Várzea Grande, Barão de Melgaço e Jangada.

Paulo Guimarães deixa esposa, filhas e netos.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *