AEROPORTO MARECHAL RONDON: Diário Oficial publica portaria da internacionalização

O Diário Oficial da União publicou nesta terça-feira (03) a resolução nº 4 da Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias (Conaero) que altera as medidas para abrigar os órgãos federais necessários para as operações de vôos internacionais. Com essas novas medidas, o Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, deve se enquadrar nas exigências e receber a Polícia Federal, Anvisa, Ministério da Agricultura e Receita Federal, permitindo a operação de vôos internacionais.

A publicação foi comemorada pelo senador Wellington Fagundes (PL-MT), que vinha atuando junto à Secretaria Nacional de Aviação Civil para que essas mudanças fossem efetivadas, viabilizando a internacionalização do Aeroporto Marechal Rondon. “Isso vai incrementar o turismo e a economia do Estado”, avalia o senador.

Segundo ele, a empresa aérea Azul já está com tudo pronto para operar a linha Cuiabá-Santa Cruz de La Sierra (Bolívia). “Faltava apenas essa questão da internacionalização”, conta. “Mas outras empresas já manifestaram interesse em operar linhas para outros países”.

Para o senador, o aeroporto deve promover, ainda, uma maior integração regional, nacional e internacional. “Ele pode ser um hub de distribuição de vôos para todo o continente e o mundo”.

O parlamentar lembrou da luta do trade turístico e de lideranças empresariais e políticas pela internacionalização do aeroporto, que se estende há mais de duas décadas. O vôo entre Cuiabá e Santa Cruz de La Sierra chegou a funcionar em alguns períodos, como é o caso de 2014, durante a Copa do Mundo.

Segundo ele, a ampliação do aeroporto também foi muito importante para a viabilidade dessa internacionalização e lembra o compromisso da concessionária (que deve assumir a gestão do aeroporto no início do ano) em construir uma nova pista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *