ARTIGO: A colocação da prótese de silicone tira a sensibilidade nos seios?

Essa é uma das perguntas que por vezes já ouvi no meu consultório. Vamos lá as respostas possíveis.

É preciso que a paciente entenda que cada organismo reage de um jeito diferente. É muito individual. Cada mulher é única.

Isso quer dizer que embora algumas mulheres que colocam silicone continuem com a mesma sensibilidade de antes, outras podem observar algumas mudanças maiores em seus seios.

Também alguns fatores técnicos interferem na sensibilidade. Logo após a cirurgia de colocação de prótese, há possibilidade de alteração temporária na sensibilidade dos seios e das aréolas, como se fosse uma dormência.

Há relatos de perda total de sensibilidade nas mamas por um período que pode ser de semanas ou meses conforme o organismo da paciente, mas depois volta a normalidade. Isso vai acontecer tanto por conta da anestesia quanto pelo procedimento em si.

Outro fator é a qualidade da pele. Se muito fina, pode sentir uma diferença na sensibilidade no bico da mama após silicone.

Também pode se perder a sensibilidade se a prótese escolhida for de volume muito grande, por conta de um processo de alongamento e adaptação dos tecidos, causando perda na sensibilidade dos mamilos.

Nesse processo, a pele, a glândula mamária e as terminações nervosas serão muito pressionadas por esse “corpo estranho”.

Outra baixa na sensibilidade tem a ver com incisão pode onde a prótese é colocada. Colocar silicone pode alterar sensibilidade nos seios devido ao local da incisão

Nós sempre explicamos, aqui no blog, que existem três possibilidades para a colocação do silicone. Se for pelo mamilo a sensibilidade pode ser maior nessa região.

Portanto, antes de colocar as próteses nos seios tire todas as dúvidas com o cirurgião plástico que irá realizar a cirurgia.

E outra parte fundamental é seguir à risca as recomendações do médico no pós-operatório.

Afinal, a cirurgia para colocar silicone, apesar de ser um procedimento tranquilo, é sério e delicado, que precisa de acompanhamento médico. Geralmente esse desconforto pode variar de 6 a 18 meses, mas faça acompanhamento médico e não vá atrás de receitas caseiras.

Benedito Figueiredo Junior é cirurgião plástico na Angiodermoplastic. CRM 4385 e RQE 1266. Email: drbeneplastica@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.