Batalhão Ambiental resgatou 13 animais silvestres e apreendeu armas, pescado e madeira irregular

Neste período, a fiscalização foi intensificada nas áreas urbana e rural de todo estado.
Dos treze animais resgatados, quatro foram soltos em seu habitat natural.
Dos treze animais resgatados, quatro foram soltos em seu habitat natural. – Foto por: BPMPA/ PMMT

Durante o feriado prolongado de carnaval (21 e 26.02), policiais do Batalhão Especializado de Proteção Ambiental da Polícia Militar (BPMPA) intensificaram suas ações em todo o Estado. Foram 13 animais silvestres resgatados, 43 exemplares de pescado irregular apreendidos, além de armas de fogo, redes, tarrafas, madeira ilegal pegas pela PM. As ações de fiscalização fizeram parte do  reforço policial promovido pela Operação Carnaval deflagrada de forma integrada com todos as Força de Segurança Pública, na última sexta – feira (21.02), em Mato Grosso.

Neste período, a fiscalização foi intensificada nas áreas urbana e rural de todo estado.  Foram realizadas 38 barreiras de patrulhamento e  117 localidades visitadas pelos policiais militares ambientais em prol do combate e repressão à prática de crime ambiental.

O Batalhão de Proteção Ambiental atendeu 17 denúncias, algumas das ocorrências se tratava de resgate de animais silvestres.  Treze animais foram resgatados, entre eles um macaco da espécie Sagui e uma capivara, as duas ocorrências foram atendidas em menos de 24 horas, em Cuiabá.  O primata foi encontrado por moradores do bairro CPA IV, o animal havia levado um choque em uma cerca elétrica de uma residência, ele foi atendido, encaminhado a clínica veterinária, mas não resistiu às graves queimaduras nas patas.  

Já no bairro Bela Vista, uma moradora acionou os policiais para retirar a capivara que havia entrado em sua residência. A capivara foi capturada e em seguida solta na natureza. As duas ocorrências foram registradas no sábado de carnaval (22.02). 

O comandante do BPMPA, tenente – coronel Rodrigo Eduardo Costa explica que o grande número de resgate é reflexo da ação do homem no meio ambiente. ” Além dos resgates de animais, nos percebemos que foram registrados inúmeros atropelamentos  de animais silvestres nas estradas também. Em sua maioria esses casos são resultados da ação do homem no habitat natural desses seres “, explica o tenente- coronel.

Mais de 43 exemplares de pescado irregular foram apreendidos. Em uma dessas apreensões, a PM em vistoria a um rancho no último domingo (24.02) apreendeu 19 peças de pescado das espécies cachara e pintado.  Em uma ação conjunta com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) o batalhão da PM apreendeu uma grande quantidade de madeira serrada irregular também foi apreendido, o material estava sendo transportado em uma carreta, na quarta – feira (26.02), na cidade de Rondonópolis.

Cinco  armas de fogo, doze redes de pesca,  tarrafas, quatro motores e três embarcações também foram apreendidos. Ao todo o Batalhão de Proteção Ambiental aplicou 13 autos de infração e 19 autos de inspeção. Mais de 550 veículos foram vistoriados, 1.086 pessoas abordadas pelos militares. 

Para garantir uma forte atuação em todo o estado o Batalhão Ambiental dividiu as equipes e contou com o apoio. Tenente – coronel Eduardo Costa explica que das 38 barreiras de fiscalização realizadas durante este período,12 delas  contaram  com o trabalho de  fiscais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente,  localidades apontados pelas as estatisticas ccomo vulneravéis para a prática de  crimes ambientais.  ” Contamos com o serviço de inteligência da PM e com o apoio de fiscais da Sema. Estivemos nos municipios de Barão de Melgaço, Poconé, Nossa Senhora do Livramento, Alto Araguaia,Rondonópolis fizemos uma mega operação e obtemos resultados positivos”, diz o comandante do BPMPA.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes

Uma grande quantidade de madeira serrada irregular  foi apreendida em uma ação conjunta com a PRF, em Rondonópolis.  PMMT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *