Botelho e secretário visitam Jangada e debatem melhorias para segurança

Construção da unidade da Polícia Militar, viatura e câmeras de segurança estiveram em pauta

A convite do deputado Eduardo Botelho (DEM) e vereadores de Jangada, o secretário Estadual de Segurança Pública, Alexandre Bustamante esteve na cidade para debater melhorias à Segurança Pública, nesta quinta-feira (30). Encontro que atende aos anseios dos vereadores que pediram o intermédio de Botelho para que a Delegacia de Polícia Civil de Jangada retome suas atividades regularmente.

Em documento, declaram que essa delegacia está desativada desde o início de 2019. Fato que, segundo eles, tem acarretado transtornos no setor em toda a região, uma vez que a delegacia mais próxima é a de Rosário Oeste. Em Jangada, a falta de efetivo da Polícia Militar deixa a população desguarnecida. São apenas dois militares por plantão, geralmente, quando precisam se deslocar para Rosário Oeste, a cidade vizinha fica desassistida temporariamente. E, por isso, aproveitaram para reforçar ao secretário, a necessidade de aumento do efetivo.

Também solicitaram a instalação de câmeras de segurança na entrada, saída e outros pontos estratégicos de Jangada. Além de viatura da Força Tática para rondas ostensivas, principalmente, no entorno da Praça Municipal Marciana.

Bustamante ressaltou que a visita é importante para verificar as condições do local e buscar solução. “Foi um convite do presidente da Câmara junto com o deputado Botelho, para que possamos verificar as condições da área de Segurança, especialmente, da Polícia Militar. Os números são satisfatórios, mesmo que a população não sinta uma grande sensação de segurança, mas estamos num município sem nenhum homicídio desde primeiro de janeiro desse ano, uma redução de 43% dos roubos. Mas, nossa vontade não é essa. Nossa vontade é dar a sensação de segurança à população de Jangada. Para isso, vamos melhorar a unidade da Polícia Militar; verificar a possibilidade de trazer mais uma caminhonete para a região e, com isso, o uso de tecnologia e tentar colocar mais câmeras na região para fazermos monitoramento constante. Com isso, tenho certeza que a sensação de segurança vai ser maior”, explicou o secretário.

Botelho agradeceu o empenho em consolidar as reivindicações. “Ficamos muito contentes, o secretário já fez compromisso com Jangada de colocar mais policiais, de fazer um projeto para construir um novo posto para a Polícia Militar, trazer mais viaturas e instalar câmeras na cidade. O resultado é realmente positivo”, afirmou o deputado, ao agradecer a presença de cada autoridade.

“A volta da delegacia é uma reivindicação antiga. Mas, principalmente, agora, temos dificuldade por trabalhar apenas com dois policiais por plantão, nosso município é extenso. Uma grande preocupação para todos”, salientou o presidente da Câmara Municipal, Otílio Francisco de Paula Júnior – o vereador Júnior Jangada (DEM).

Para a comerciante Ana Carolina Vieira de Lima as reivindicações são necessárias e urgentes. “Precisamos de mais segurança em nosso município. Nós comerciantes sentimos insegurança, a demanda está muito grande para pouco policial”, afirmou.

A reunião ampliada contou também com as presenças do comandante do 2° Comando Regional, cel. Rodrigues; comandante da Força Tática, ten. cel. Benedito; o comandante do Batalhão de Rosário Oeste, ten. cel. Eduardo, lideranças da região; os vereadores: Edenilson José de Barros (DEM), Victor Roger Deonisio da Silva (DEM), Geisiany Rodrigues (MDB) e Benivaldo Gomes de Souza (PSL). Além dos vereadores de Acorizal, Natalino Piovezan (DEM) e Nego (PP), além de Emerson Andrade, secretário de finanças de Jangada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *