Câmara Municipal de Várzea Grande aprova por unanimidade projetos dos ‘Alunos-Vereadores’

Durante a sessão ordinária realizada nesta terça-feira (10.12) na Câmara Municipal de Várzea Grande foram aprovados por unanimidade os projetos vencedores do Programa Estudantil Aluno-Vereador.  A ganhadora da categoria ensino fundamental foi a aluna do 6° ano da Escola Municipal Educação Básica Abdala José de Almeida, Safiri Barros de Souza, que foi orientada pelo professor Carmindo Cândido e a vencedora da categoria ensino médio foi a estudante do 2° ano da Escola Estadual Júlio Muller, Linda Inara dos Santos, que foi orientada pelo professor Thales Biguinatti Carias.

Os projetos elaborados pela as estudantes foram elogiados pelo idealizador do Programa, o presidente da Casa de Leis de Várzea Grande, o vereador Fábio José Tardin – Fabinho (DEM) por meio da Lei Municipal n° 4.500/2019. “Está aqui do nosso lado o futuro do município. Essas jovens podem ser as nossas representantes aqui na Câmara Municipal como definitivamente como vereadoras. O Aluno-Vereador foi um sucesso, levando a Casa de Leis nas escolas mobilizando estudantes, professores e diretoria. Ano que vem temos a certeza que será ainda melhor”, declarou Tardin.

Safiri apresentou a proposta de que cada vereador do município adote uma escola, que mostre e discuta com os alunos qual é o seu papel dentro da sociedade. A proposta já se transformou no Projeto de Resolução nº 15/2019 de autoria da Mesa Diretora criando o Programa ‘Câmara na Escola’ para aproximar mais o parlamento dos alunos várzea-grandenses. Aprovado por votação unanime, será promulgado pelo presidente da Casa, vereador Fabinho.

“Proponho que os vereadores adotem uma escola e que a visite frequentemente para discutir o seu trabalho parlamentar e sua importância dentro da sociedade”, defendeu o projeto Safiri.

 Já Linda Inara propôs que seja criado o Conselho Municipal da Juventude. Para isso, a Mesa Diretora em conjunto com a Procuradoria do Município propôs o Projeto de Lei nº 182/2019. Também aprovado por unanimidade, a proposta segue para sanção do Poder Executivo.

“Apesar da grande diversidade que o jovem atual tem e as oportunidade que isto pode trazer. A juventude está sem voz no meio político e a criação de um Conselho pode mudar isto. Toda decisão tomada por meio de uma discussão seria beneficiar os jovens, com sugestões de leis para trazer aqui para a Câmara Municipal”, discursou Inara.

O presidente do Sicoob Integração, Maurício Nantes, elogiou a iniciativa da Câmara Municipal e entregou a premiação aos vencedores. “Estou muito feliz de participar deste momento. O Sicoob tem apoiado a juventude, principalmente na área educacional. Atualmente estamos com um programa de educação financeira, que está sendo feito em universidades. Agora iremos expandir para as escolas e com isto, criar e estreitar laços que é fundamental no nosso trabalho”, disse.

A subsecretária Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Benedita Santana Ponce, falou sobre a importância dos projetos. “Vemos duas ideias que são importantes e mostram o interesse desses jovens na política local. Uma de participação da juventude nas políticas públicas por meio de um Conselho e outra levando um vereador para mostrar o seu trabalho, discutindo política e melhorias para a sua comunidade”, destacou Ponce.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *