Câmara Municipal de Várzea Grande votará moção de repúdio contra vice-governador de Mato Grosso, Otaviano Pivetta

Por meio da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, a Câmara Municipal de Várzea Grande elaborou uma moção de repúdio contra o vice-governador de Mato Grosso, Otaviano Pivetta (PDT), em razão das supostas agressões contra a sua ex-esposa, Viviane Kawamoto.

A moção será apreciada em plenário na sessão ordinária desta terça-feira (10.08). “Não podemos assistir de camarote a mais um caso de agressão contra a mulher, só porque ele tem um cargo poderoso. Em briga de marido e mulher, devemos sim meter a colher e quantos talheres forem necessários, não podemos ser omissos a agressões e à violência”, destaca a presidente da comissão, a vereadora Rosy Prado (DEM).

A Comissão relata que o episódio foi atestado mediante laudo de corpo de delito emitido no município de Itapema (SC), onde aconteceu o caso. Na sociedade em geral não somente nessa situação envolvendo uma figura pública, mas de todos os demais casos que envolvam a violência doméstica e familiar contra as mulheres que sequer são notificados nas delegacias em todo o país.

“Nos séculos anteriores foram marcados pela omissão nos casos de violência contra mulher. Queremos superar esta marca sombria e enraizada em nossa sociedade, por isso o posicionamento nestes casos é fundamental”, finaliza a vereadora.

As denúncias de casos contra a violência doméstica podem ser feitas por meio dos números 100 e 180, essas ferramentas estão disponíveis 24h por dia. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *