Cantor sertanejo Diego Argenton morre de Covid-19, aos 28 anos

A informação foi confirmada pelo Instagram da dupla Bruno e Diego. “Obrigado por tudo, você é e sempre será o exemplo de pessoa”

O cantor sertanejo Diego, da dupla com Bruno, morreu na noite de quinta-feira (18), em decorrência de complicações da Covid-19.  A informação foi confirmada em uma ´publicação nas redes sociais da dupla.

“Nesses 11 anos nunca existiu Bruno sem Diego, aprendi com você o que era Humildade, o que era Carisma, porque isso você tinha de sobra meu irmão! Sempre alegre, brincalhão e quando a gente não estava num dia legal, era você quem motivava a gente, sempre muito verdadeiro nas palavras! Você sempre meu deu muita força em todos os sentidos da vida e é dessa energia que eu vou precisar daqui pra frente! Força Energizada essa que vinha de dentro do seu coração, pois sempre disse que a música sem sentimento não seria Música. Diego sempre dizia que a música tem que tocar o coração das pessoas e CORAÇÃO você tinha de sobra né companheiro! Obrigado por tudo, você é e sempre será o exemplo de Pessoa, de Pai, de Amigo e de Irmão que vou levar pra minha vida toda por onde eu passar, Te amo, fica Com Deus”.

A esposa de Diego, Nathalia Argenton, também se manifestou pelas redes sociais. “Eu estou em pedaços. Preciso de forças, Senhor, me ajuda”, escreveu em uma publicação compartilhada nos Stories de seu Instagram.

Em um outro momento ela postou: “Minha vida foi morar ao lado de Deus. Que você me mande muita força aí de cima, amor. Estou sem chão e sem condição para responder todas as mensagens de carinho, que só representa o quão amável você foi. Venho assim que conseguir. Te amo para sempre, esse foi o nosso combinado”, lamentou.  

Diego deixa dois filhos Lucca e Lara Eichinger.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *