COMBATE AO TRÁFICO: Polícia Civil prende mulher que cooptava adolescentes para atuar com tráfico em Colíder

Uma mulher suspeita de gerenciar um ponto de tráfico e cooptar adolescentes para o comércio de entorpecentes em Colíder (650 km ao norte de Cuiabá), foi presa pela Polícia Civil do município no final da tarde de terça-feira (18.08).

A ação resultou na apreensão de dois menores, além de várias porções de pasta base de cocaína e dinheiro. A suspeita de 32 anos foi autuada em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, ambos majorados por atingir criança e adolescente.

Os policiais civis realizavam diligências para mapear locais usados para venda de droga, quando identificaram uma residência suspeita no bairro Bom Jesus. Durante investigação no local foi constatado fluxo intenso diariamente de pessoas usuárias.

Com base nos fatos os investigadores passaram a monitorar o endereço e na tarde de terça-feira (18), lograram êxito em abordar a mulher que gerenciava o local em poder de 34 porções de pasta base de cocaína, embaladas e prontas para venda.

Na ocasião, dois adolescentes de 14 e 15 anos foram abordados, tendo um deles assumido ser contratado pela suspeita para efetuar a entrega da droga, recebendo o valor de R$ 100 no final do dia como pagamento.

O menor contou também que fazia o repasse de pasta base de cocaína há cerca de um mês, levando para muitas pessoas no decorrer do dia, sem saber precisar quantos usuários atendia diariamente.

Diante do flagrante, a suspeita foi detida e encaminhada para Delegacia de Colíder, junto com o menor e todo material apreendido. Após ser interrogada, pelo delegado Eugênio Rudy Junior, a conduzida foi autuada por tráfico de drogas e associação para o tráfico, majorados por atingir criança e adolescente.

Após a confecção dos autos ela foi colocada à disposição da Justiça. O adolescente detido responderá o Boletim de Ocorrência Circunstanciado (BOC) pelo ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *