Combate aos incêndios no pantanal ganha reforço com duas novas viaturas

O Corpo de Bombeiros em Poconé recebeu hoje (16.05) duas viaturas especializadas em combate aos incêndios florestais que devem ser usadas, prioritariamente, na região do pantanal. Este é mais um resultado da Comissão Temporária do Pantanal, criada pelo Senado Federal em 2020, quando 4 milhões de hectares foram consumidos pelas chamas no bioma.

Presidida pelo senador Wellington Fagundes (PL-MT), a CTE Pantanal recebeu demanda do Corpo de Bombeiros sobre a necessidade de instalação de uma unidade em Poconé, o que aconteceu em janeiro de 2021. “Agora, estamos avançando na estruturação dessa unidade”, disse o comandante-geral da corporação, tenente-coronel Alessandro Borges.

Os recursos para instalação da unidade e aquisição das novas viaturas são do senador Jayme Campos (UB), que fez parte da CTE Pantanal. “Estamos dando continuidade ao trabalho que começou lá em 2020, quando enfrentamos essa calamidade que se registou nesta região”, lembra.

Desde a inauguração, a unidade do Corpo de Bombeiros em Poconé atendeu a pouco mais de 1 mil ocorrências e atuou na formação de brigadistas para a prevenção e combate aos incêndios no pantanal. “Alcançamos uma redução de 86% no número de focos”, conta o comandante da unidade, tenente Thiago Soares Reis.

O senador Wellington Fagundes ressaltou o papel do Corpo de Bombeiros na formação das brigadas de prevenção e combate aos incêndios – um trabalho em parceria com a população. “Isso é fundamental. Sem a soma de esforços, tudo fica mais difícil”, disse ele.

O parlamentar também lembrou da importância da elaboração de uma legislação que possa contribuir para a preservação do bioma, o que vem sendo feito pela Subcomissão Permanente do Pantanal, no Senado Federal, que está sob sua presidência e relatoria do senador Jayme Campos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.