COMIDINHA DA MAMÃE: Mãe é flagrada tentando entrar com marmita de maconha para filho no Pascoal Ramos

Dalva Souza Modesto foi presa em flagrante, na manhã desta sexta-feira (20), ao tentar entrar na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá, antigo Presídio Pascoal Ramos, com uma marmita de comida que continha uma sacola com maconha ‘camuflada’ no meio dos alimentos. A mulher iria visitar o filho e foi pega no procedimento de revista, pelos agentes penitenciários. O Grupo de Intervenção Rápida (GIR) suspeita que ela foi obrigada a transportar a droga, sob ameaças das facções, já que ela não tem o perfil de ‘mula do tráfico’ e nenhum histórico criminal.

Com a Operação Agente Douglas, as mulheres que costumam atuar no tráfico ilegal para dentro da cadeia têm sido barradas, nas revistas. Já que há um perfil traçado e um cuidado redobrado pelos agentes que atuam na unidade prisional. Com medo, o fluxo de visitas desse grupo diminuiu pela metade.

Devido a isso, as facções criminosas têm buscado outros meios de obter os ilícitos. O filho de Dalva está lotado no Raio 3. O GIR acredita que ameaçaram matar o preso e por isso a mãe levou a droga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *