Condenado por homicídio de mulher em Cuiabá, homem é localizado pela Polícia Civil no Osmar Cabral

Crime ocorreu em 2011, quando a vítima foi morta a golpes de faca e machadinho enquanto dormia ao lado da filha de 2 anos

Um homem de 32 anos, condenado pelo homicídio de uma mulher em Cuiabá, ocorrido há 10 anos, foi localizado e preso nesta quinta-feira (26.08), pela Polícia Civil.

A equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos da Capital localizou o foragido em um residencial na região do bairro Osmar Cabral. U.F.L. foi condenado a 14 anos e seis meses de reclusão em regime fechado, pela 1a Vara Criminal da Comarca de Cuiabá, por homicídio qualificado.

Aline Rodrigues de Araújo, de 21 anos, foi morta no dia 12 de janeiro de 2011, em uma quitinete no Jardim Jockey Club, em Cuiabá. Conforme a investigação realizada pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, a vítima foi morta enquanto dormia e foi ferida com sete golpes de faca e quatro de machadinho.

Três suspeitos de praticar o homicídio foram presos temporariamente pela DHPP cinco meses após o crime. A investigação, coordenada à época pela delegada Silvia Pauluzi, identificou como autores do homicídio a mulher que dividia a quitinete com a vítima e o namorado dela, de 17 anos. O terceiro envolvido é o homem que foi preso nesta quinta-feira pela DERF e tinha 22 anos quando cometeu o crime.

De acordo as investigações, a amiga da vítima abriu a porta da quitinete para que os cúmplices entrasse na quitinete. O adolescente estava com uma faca e o outro rapaz com o machadinho. A vítima dormia com a filha, de 2 anos, que presenciou a mãe sendo morta. Depois do crime, a criança ficou sozinha junto ao corpo da mãe, que só foi descoberto na manhã do dia seguinte.

A investigação apurou ainda que a motivação do crime seria droga. A mulher presa havia roubado entorpecente da vítima e resolveu matá-la antes que ela descobrisse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *