CORONAVÍRUS: Várzea Grande tem a maior taxa de contaminação de covid no Estado

Uma pesquisa da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) mostrou que Várzea Grande é o município com a maior taxa de contaminação por covid-19. Dos 287,5 mil moradores, 24,3% já tiveram o vírus.

O levantamento levou em consideração os dados de setembro e outubro. Foram analisadas as estatísticas de Cuiabá, Várzea Grande, Água Boa, Alta Floresta, Barra do Garças, Cáceres, Juína, Rondonópolis, Sinop e Tangará da Serra.

A segunda cidade com maior prevalência da doença é Cuiabá, onde 17,5% da população já teve covid-19. Logo depois vem Sinop, com 13,6% da população infectada.

No estado 299.563 pessoas já tiveram o novo coronavírus. “A baixa prevalência de pessoas infectadas no estado, significa que ainda existe uma grande quantidade de pessoas em risco de adquirir a doença enquanto não estiverem disponíveis vacinas efetivas sendo, portanto, importante a manutenção das ações de prevenção”, diz trecho do relatório.

Outro dado mostrado pela pesquisa professora Ana Claudia Pereira Terças Prettel é que os homens são a maioria dos diagnósticos de covid-19 em Mato Grosso, sendo responsáveis por 53,7% dos casos. Entre os homens, a maior parte das infecções ocorreu na faixa etária dos 30 aos 49 anos. (Com informações da assessoria)

Fonte: GD

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *