CUIABÁ: Com baixa procura, Secretaria de Saúde alerta para o encerramento das Campanhas contra Influenza e Sarampo sexta-feira (3)

A Secretaria Municipal de Saúde alerta à população cuiabana sobre o encerramento das Campanhas de Vacinação contra a Influenza e o Sarampo nesta sexta-feira (03), conforme a determinação do Ministério da Saúde. Com início desde o dia 11 de abril, apenas 42.425 pessoas (20,30%) vacinaram contra a gripe e 8.814 pessoas (18,05%) vacinaram contra o sarampo, até o momento. 

A vacinação ocorre das 8h às 17h, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), exceto aquelas que realizam aplicação dos imunizantes contra a Covid-19 pediátrica. Na zona rural, estarão abertas as UBS Guia, UBS Aguaçu e UBS Rio dos Peixes. Para vacinar é  necessário levar a carteira de vacinação e um documento de identificação com foto.

Segundo o coordenador de Programas Estratégicos da Secretaria Municipal de Saúde, Wellington Assunção Ferreira, a vacinação protege contra a Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2). “É importante a imunização, principalmente com a proximidade da época mais fria do ano, que aumenta ainda mais situações de problemas respiratórios e gripes. A expectativa é que as pessoas se conscientizem e busquem a vacinação. As UBS estão à disposição para atender toda a demanda”, ressaltou.

Públicos-alvos definidos pelo Ministério da Saúde

Influenza- Trabalhadores da saúde, pessoas a partir dos 60 anos, crianças de 6 meses a 4 anos 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas, professores, profissionais das forças armadas e salvamento, funcionários do sistema de privação de liberdade, caminhoneiros, profissionais de transporte de longa duração e portuários, imunossuprimidos e pessoas com comorbidades e deficiência permanente, doença respiratória crônica, renal crônica, hepática crônica, neurológica crônica, diabetes, obesos, imunossupressão, transplantados, trissomias.

Sarampo- Crianças de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias, independentes da situação vacinal. A determinação é válida para profissionais de saúde. Para ambas as patologias, os pacientes, sejam eles, adultos e crianças, deverão apresentar o cartão de vacinação normal e contra o coronavírus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.