Curso de Formação de Mediadores de Leitura abre nova turma online

A formação integra projeto contemplado no edital Estevão de Mendonça de Literatura Mato-Grossense da Secel. Inscrições terão início na segunda (03.05)

A biblioteca do Núcleo Pedagógico da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) de Rondonópolis realiza a segunda edição do curso online de Formação de  Mediadores de Leitura. Com o objetivo de capacitar profissionais para atuação em espaços públicos e demais projetos de intervenção pedagógica, a nova turma foi aberta devido à grande procura de interessados.

A capacitação gratuita ocorre de 10 de maio a 11 de junho e suas inscrições serão abertas na segunda (03.05), podendo prosseguir na terça-feira (04.05) ou até que as 90 vagas disponíveis sejam preenchidas.  O formulário de inscrição estará disponível pelo site https://eva.faespe.org.br/iicfml/

Para debater a mediação da leitura e as ações necessárias à formação de leitores a partir do aprofundamento de conhecimentos teóricos, a cada semana será abordado um dos temas programados: aspectos teóricos sobre leitura; caminhos e ações da mediação da leitura; leitura literária e a formação de leitores; e ilustração, ludicidade, literatura oral – contação de história.

Com carga horária de 40 horas, a capacitação conta com aulas em tempo real e conteúdos e atividades que podem ser acessados sem o acompanhamento simultâneo da professora e mestre em Letras, Elizangela da Rocha Fernandes. As aulas serão realizadas pelas plataformas Google ClassRoom e Google Meet.

A formação online é contrapartida do projeto ‘Formação de Formadores: o impacto da mediação da leitura na formação de leitores’, que foi contemplado no edital Estevão de Mendonça de Literatura Mato-Grossense promovido pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

“Em sua primeira edição, que foi realizada entre os meses de abril e maio desse ano, o curso contemplou o mesmo conteúdo. Decidimos formar mais uma turma devido ao grande sucesso e para atender o público que não conseguiu participar da primeira edição” explica Fabiana Souza de Andrade, bibliotecária da Unemat-Rondonópolis e coordenadora do projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *