DEU NA GAZETA: Justiça bloqueia conta eleitoral de Flávio Frical para pagar dívidas trabalhistas

O candidato do PSB a Prefeitura de Várzea Grande, Flávio Vargas, mais conhecido como Flávio Frical, teve suas contas de campanha eleitoral bloqueadas em R$ 668 mil. A decisão judicial da 1ª Vara do Trabalho de Várzea Grande é referente a dívidas trabalhistas.

A reportagem já divulgou anteriormente que o candidato responde a diversas ações cíveis e criminais por sonegação de impostos para a Receita Federal que, segundo cálculo da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN), somam mais de R$ 160 milhões.

Diversos trechos dos depoimentos colhidos pela Polícia Federal, além de documentos da própria Receita Federal que embasam a denúncia do Ministério Público Federal, apontam para o crime de fraude à execução, inclusive confessados pelo próprio empresário, que admite ter transferido bens para a esposa e para os filhos a fim de não ter que honrar com os pagamentos dos credores, entre eles os governos federal e de Mato Grosso.

Os depoimentos levaram a justiça a bloquear os bens de Frical. Além disso, o juízo aponta que os sócios foram intimados da instauração do incidente de desconsideração da personalidade jurídica, mas não se manifestaram. “Diante da inércia dos sócios, reputo satisfeitos os pressupostos legais e julgo procedente a desconsideração da personalidade jurídica da executada Frical Frigorífico Ltda EPP e determino o redirecionamento da execução em face dos sócios, Flávio Alberto de Vargas e Michel Flávio Vargas (filho de Flávio), os quais devem ser incluídos na polaridade passiva”, despachou a sentença.

Somente nas próximas horas se saberá qual o valor encontrado na conta do referido CNPJ para saber se a decisão judicial foi ou não cumprida.

One thought on “DEU NA GAZETA: Justiça bloqueia conta eleitoral de Flávio Frical para pagar dívidas trabalhistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *