Dupla é presa em flagrante pela Polícia Civil vendendo maconha e haxixe em sistema de delivery

Comercialização era feita por meio de aplicativo de mensagens

A Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), da Polícia Civil, prendeu dois jovens no final da tarde de quarta-feira (20.01) em Cuiabá, durante diligências para apurar uma denúncia anônima sobre venda de entorpecentes.

Na ação foram apreendidos um veículo Ônix, R$ 4 mil em dinheiro, além de substâncias entorpecentes como maconha e haxixe.

Os suspeitos de 23 e 26 anos foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Ele foram abordados nas proximidades de um posto de combustível, no bairro Jardim Petrópolis, na Capital.

As investigações iniciaram após a DRE receber informações sobre duas pessoas em um automóvel de cor escura, que estavam comercializando entorpecentes na modalidade conhecida como “delivery”.

Com base nas suspeitas, os policiais civis foram até o local para apurar os fatos e identificaram o veículo realizando a abo abordagem dos ocupantes do carro.

Com a dupla foram localizadas três porções de entorpecentes embaladas e prontas para venda, comprovantes de depósitos bancários com valores expressivos entre R$ 5 a 10 mil, além de anotações com nomes e valores aparentemente sobre o tráfico. Ao serem questionados, um dos envolvidos se negou a falar.

Em seguida, o jovem de 26 anos levou os policiais civis até a sua casa, onde autorizou a entrada no imóvel. No endereço foram encontradas diversas porções de drogas e cerca de R$ 4 mil em dinheiro.

Também foram apreendidos os aparelhos celulares dos suspeitos, equipamentos que materializam 90% das provas do tráfico praticado no tipo “delivery”, em razão das transações serem realizadas por meio de um aplicativo de mensagens e apenas as entregas feitas pessoalmente.

Ainda no decorrer da ação policial, os telefones celulares dos suspeitos não paravam de tocar e de chegar mensagens.

Os dois suspeitos foram conduzidos para a DRE junto com os materiais apreendidos, interrogados e autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Após a confecção dos autos os presos foram encaminhados para uma unidade prisional, ficando à disposição da Justiça.

COMPARTILHE ESSA MATÉRIA:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *