EM CUIABÁ: Diretora de creche é presa por suspeita de desvio de recursos públicos

Nos últimos três anos, a associação recebeu mais de R$ 1 milhão da Secretaria de Educação de Cuiabá. Gastos eram justificados com funcionários fantasmas.

A responsável por uma creche beneficente está em prisão domiciliar. Ela preside uma associação em Cuiabá e é suspeita de desviar dinheiro público, além de cobrar mensalidades dos pais. A funcionária foi presa durante uma operação deflagrada, nesta quarta-feira (17), pela Polícia Civil e Superintendência Regional do Trabalho.

Foram cumpridos nove mandados, sendo cinco de busca e apreensão, uma prisão domiciliar e três afastamentos cautelares de parte da diretoria da instituição.

De acordo com a polícia, as investigações apuraram que nos últimos três anos, a associação recebeu mais de R$ 1 milhão da Secretaria de Educação de Cuiabá. Somente este ano foram mais de R$ 400 mil.

Ainda segundo a polícia, para justificar os gastos dos repasses, foram criados funcionários fantasmas e o valor era desviado em proveito da diretora da instituição.

As investigações também revelaram a suspeita teria informado à Secretaria Municipal de Educação que a creche tem 190 alunos matriculados, porém só tem 90.

O delegado Rafael Scatolon, responsável pelas investigações, a instituição cobrava mensalidade no valor de R$ 150 por aluno e que essa cobrança é ilegal.

Por meio de nota, a Secretaria de Educação informou que está colaborando com as investigações e que suspendeu o repasse da última parcela deste ano, até que as investigações sejam concluídas.

Ainda conforme a prefeitura, também será feito um levantamento interno minucioso, em relação ao repasse de verbas para a unidade filantrópica.

Os repasses são realizados, per capita, de acordo com a frequência dos alunos. Também é feita uma fiscalização, in loco, uma vez por mês, para verificação dos serviços que estão sendo prestada, conferência do número de crianças matriculadas que frequentam as aulas, entre outros quesitos.

Ação foi realizada pelas Delegacias Especializada de Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz) e de Combate a Corrupção (Deccor).

Fonte: G1

One thought on “EM CUIABÁ: Diretora de creche é presa por suspeita de desvio de recursos públicos

  1. Maria Madalena Fernandes says:

    Pois é!Fui coordenadora é tesoureira de CEC por 18 anos em uma Escola Municipal. Tínhamos repasses trimestrais , num total de 4 anuais. A Escola era de porte grande. Os repasses não chegavam a 10 mil. Como uma creche recebeu um milhão em três anos??? Nós não recebíamos nem 50 mil anuais????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *