EM DEPOIMENTO: Pai diz que motorista atropelou de propósito; veja o vídeo

O pai do jovem Pedro Felux Barbosa Zampieri, de 19 anos, morto após o motorista de um carro jogar o carro em cima da moto que ele pilotava, Ronnicleyton da Silva Zampieri, prestou depoimento à Polícia Civil e detalhou como o crime ocorreu.

Ele afirmou que soube que seu filho e um amigo haviam sofrido um acidente de trânsito e que haviam sido levados ao Pronto Socorro de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Já na unidade hospitalar, encontrou o amigo do filho, que estava com diversos ferimentos no corpo e que teria falado para ele que Pedro estava em estado grave, na Unidade de Terapia INtensiva (UTI), e que já havia sofrido duas paradas cardíacas.

Ele contou ao delegado Sued Dias da Silva que o amigo do filho, também vítima do acidente, lhe disse ainda no hospital que ambos estavam trafegando na Rodovia dos Imigrantes em uma motocicleta, quando Pedro buzinou para o motorista do carro após ter sido “fechado” próximo à rotatória.

Já na Avenida Filinto Muller, o motorista teria jogado o carro em cima dos ocupantes da moto de maneira intencional.

O pai de Pedro então teria pedido a familiares que fossem até o local para tentar conseguir imagens de câmeras de segurança de um motel, na frente de onde o possível crime foi registrado.

Nas imagens, é possível observar claramente que o motorista jogou o carro contra Pedro e o amigo.

O suspeito, identificado como Reginaldo dos Santos Alexandre estaria visivelmente alcoolizado. Ao entrar no bairro, o motorista foi contido por populares e preso por policiais militares. De acordo com a Deletran, ele apresentava sinais de embriaguez, mas se recusou a fazer o teste do bafômetro.

No carro dele, foi encontrado um engradado de cerveja e que tudo foi fotografado pela própria família de Pedro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *