EM VÁRZEA GRANDE: Rotam prende suspeito com revólver e animais silvestres no bairro São Simão

Na madrugada deste domingo(30) o Batalhão Rotam prendeu um homem de 45 anos denunciado por violência doméstica contra a namorada com um revólver e dois animais silvestres criados em cativeiro ilegalmente, no bairro São Simão. A arara e o macaco prego apreendidos na casa do suspeito foram entregues aos policiais do Batalhão de Proteção Ambiental da PM. 

Os policiais foram acionados via 190 por volta da 00h30 para verificar uma ocorrência em que vizinhos ouviram disparos de armas de fogo e apontaram que o suspeito estava agredindo a mulher em uma residência. 

A Rotam foi até o endereço apontado e os policiais foram atendidos pela vítima, namorada do suspeito. A mulher disse que realmente houve uma briga entre o casal por ciúmes e que o seu namorado estava dormindo no quarto. A polícia pediu para a vítima chamar o suspeito e durante o atendimento, os policiais avistaram um revólver da marca Rossi cal 38 na estante de TV da residência. 

O suspeito foi questionado sobre ter agredido a namorada, ele disse que teve apenas uma discussão por causa de ciúmes. A PM  então perguntou sobre a arma de fogo que não tinha registro e ainda estava com numeração raspada. 

Durante a checagem no interior da residência, os policiais se depararam com dois animais silvestres mantidos em cativeiro em dois quartos da casa; uma arara  e um macaco prego amarrado. A arara e o macaco foram apreendidos e o Batalhão de Proteção Ambiental foi acionado para cuidar dos animais que eram criados ilegalmente. 

O suspeito recebeu voz de prisão por injúria real, posse ilegal de arma de fogo e ter animais silvestres em cativeiro de forma ilegal. A ocorrência foi entregue a Polícia Judiciária Civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *