ESTRADA DA GUIA: Nova avenida consolida região que mais cresce em Cuiabá

Vias, praças, espaços de lazer e a maior avenida da Capital estão previstas para a região Oeste de Cuiabá nos próximos dois anos, transformando completamente a região que um dia foi apenas a ligação entre a capital de Mato Grosso e a região do Distrito da Guia. Hoje, é uma área completamente urbanizada e, ainda, será beneficiada com a implantação da Avenida do Contorno Leste.

Com mais de 17 km, pista dupla e até ciclovia, a nova avenida fará a ligação da MT-251 (Estrada da Chapada) até a saída para Rondonópolis, na região Sul, passando pela região Leste e interligando mais de 40 bairros. As obras estão previstas para terem início ainda no segundo semestre de 2020, com previsão de término em 18 meses. Com a obra, os moradores da região da Guia poderão chegar ao outro lado da cidade em poucos minutos.

“Será a maior avenida de Cuiabá. Já está com ordem de serviço emitida e será executada com recursos públicos. Além disso, para a região, temos outras vias planejadas e ainda não executadas, que deverão acontecer em parceria com a iniciativa privada, conforme a ocupação da região for acontecendo com novos investimentos privados, inclusive na infraestrutura”, explica o superintendente do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Urbano (IPDU) da Prefeitura de Cuiabá, Márcio Puga.

Segundo o presidente do Sindicato das Indústrias da Construção do Estado de Mato Grosso (Sinduscon-MT), Júlio Flávio de Campos de Miranda, há 20 anos essa região não era desenvolvida, mas passou a ganhar outra perspectiva com o surgimentos dos condomínios e das obras de infraestrutura – como a Helder Cândia (MT-010) e o Rodoanel -, que atraíram concessionárias, oficinas, lojas de móveis, panificadoras, restaurantes, lanchonetes, casas de carnes, grandes e mini mercados, empresas, escolas particulares e serviços.

“Essa região da Estrada da Guia, além de ser muito bonita, é uma região próxima do centro de Cuiabá, próxima do Centro Político Administrativo – a região mais valorizada da Capital -, onde trabalha boa parte do funcionalismo público e dos órgãos públicos. Se tornou uma região atraente para investimentos em imóveis, comércio ou serviços, justamente por essa proximidade do centro político e por ser importante via de acesso para Cuiabá, para o interior e região Norte do estado”.

Recentemente, essa região foi contemplada com a instalação do novo Hospital Municipal (HMC) e de uma nova avenida planejada, a Avenida Florais, que faz a ligação entre a Helder Cândia e o Pronto Socorro, que além de condomínios, será o endereço do Ginco Empresarial Dubai, um condomínio empresarial horizontal, que será o primeiro shopping corporativo a céu aberto da Capital, com previsão de entrega para meados de 2022. “Esta é uma área de franca expansão em Cuiabá e que temos orgulho de ter ajudado a nascer e agora a se desenvolver com mais qualidade e segurança”, aponta Júlio Braz, sócio-diretor da Ginco.

Condomínios horizontais, verticais, empreendimentos nacionais, entre outros, estão sendo instalados gradativamente na região, onde hoje vivem aproximadamente 16 mil famílias. Somente entre 2015 e 2018 foram expedidos alvarás para a construção de, pelo menos, sete novos condomínios residenciais na região, segundo dados da Prefeitura de Cuiabá. Cada um com média de 300 a 400 moradias ou lotes, o que representa, aproximadamente, três mil famílias indo residir no local em apenas três anos. “Com o incremento de mais infraestrutura, parte dela feita com recursos públicos e parte pela iniciativa privada, a região ganhou notoriedade na capital, por meio do lançamento de vários empreendimentos imobiliários, foi agregando valor aos produtos comercializados e por consequência, valorizando a propriedade de toda região”, ressalta Márcio Puga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *