Estudantes de medicina acompanham cirurgia neurológica no Complexo Hospitalar de Cuiabá

O procedimento foi realizado pelos cirurgiões Dr. José Wesley Lemos dos Reis e Dr. Adailton A. dos Santos Junior professores do internato da Univag

Cinco alunos do 10º semestre de Medicina do Centro Universitário de Várzea Grande (Univag), acompanharam um procedimento neurológico sob a supervisão dos cirurgiões José Wesley Lemos dos Reis e Adailton dos Santos Junior, no centro cirúrgico do Complexo Hospitalar de Cuiabá (CHC). A cirurgia foi realizada na última segunda-feira (29) e durou cerca de quarenta e cinco minutos.

O cirurgião Adailton dos Santos é professor dos alunos e afirma que a oportunidade de acompanhar procedimentos é muito positivo para nesse início de carreira. “O ensino médico tem vários pilares e um deles é a prática, então mostrar para os alunos, in loco, as habilidades e técnicas cirúrgicas complementa o ensino deles. Temos esse link da neurocirurgia com a Univag de trazer os alunos para a prática”, comenta.

O procedimento acompanhado pelos alunos é denominado de derivação ventrículo-peritoneal (DVP), que consiste num dispositivo utilizado para aliviar a pressão no cérebro causada pelo acumulo de líquido nos ventrículos do cérebro que pode causar danos cerebrais.

O vínculo estabelecido entre o Complexo Hospitalar e os estudantes confirma o compromisso da unidade hospitalar de contribuir com a educação de futuros médicos. José Wesley também é professor dos alunos e fala da importância de trazer os alunos para o hospital e o quanto essa prática é benéfica para ambos.

“O procedimento realizado hoje é relativamente simples e rápido, mas já possibilita mostrar para os alunos como funciona o centro cirúrgico, alguns procedimentos da cirurgia. Nós já temos essa prática há 1 ano e é muito enriquecedor contribuir com a formação desses estudantes”, afirma.

Está nos planos do estudante Cristiano Raiter de 23 anos, tornar-se cirurgião e, para ele, acompanhar os procedimentos são fundamentais para o aprendizado. “Desde o começo da faculdade eu tenho aptidão pela cirurgia e é muito importante acompanhar vários médicos e cirurgias para conhecer as técnicas e abordagens de cada profissional. Acompanhar esses procedimentos ajuda na prática”, finaliza.

Dr. José Wesley ainda ressalta como essa experiência já influenciou outros jovens. “Outros alunos já tiveram a oportunidade de ver cirurgias em pacientes acordados para tumores cerebrais, cirurgias de Parkinson, aneurismas cerebrais, cirurgia de coluna, por exemplo. Esta miríade de patologias e diferentes tipos de procedimentos, possibilita aos acadêmicos abrir o leque de neurocirurgias simples até às mais complexas. A grande maioria saiu do centro cirúrgico com outra visão da especialidade”.

De acordo com a diretora presidente do CHC, Elê Kuhn, essa experiência agrega muito aprendizado aos alunos, além de reafirmar o compromisso do hospital em difundir conhecimento.

“O Complexo Hospitalar de Cuiabá” está à disposição no que puder contribuir para a formação dos estudantes, principalmente porque logo eles estarão trabalhando e nos ajudando a cuidar da população mato-grossense. A capacidade técnica e conhecimento dos cirurgiões do nosso hospital é altíssima, eles estão sempre se atualizando em congressos e simpósios nacionais e internacionais. Os estudantes podem ter acesso a técnicas inovadoras, abordagens cirúrgicas e aprender muito com essa experiência dos profissionais ”, afirma.

Além de fazerem parte do corpo clínico do Complexo Hospitalar de Cuiabá, os cirurgiões são professores estão no programa de internato em cirurgia da Univag.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.