FEMINICÍDIO: PM mata a ex-namorada e atira no atual dela por crise de ciúme

O soldado da Polícia Militar Edgar de Oliveira Fonseca, de 33 anos, foi preso em flagrante por homicídio qualificado e tentativa de homicídio, na noite desta segunda-feira (11), por matar a tiros a ex-companheira e balear o atual namorado dela.

O PM tinha dois filhos com a vítima e o crime ocorreu em Guarujá, no litoral de São Paulo. Segundo a polícia, o crime foi motivado por ciúmes.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), policiais militares foram acionados para atender uma ocorrência de disparo de arma de fogo por volta das 23h33, na Rua São Pedro. Próximo ao local, um popular informou que havia um homem baleado em seu quintal. Segundo informações, o homem, de 24 anos, teria sido alvejado pelo ex-marido de sua namorada.

O resgate foi acionado e encaminhou a vítima para o Pronto Socorro, onde permaneceu sob cuidados médicos. Em seguida, os agentes foram para o endereço acionado e encontraram a mulher, de 28 anos, baleada no local. O resgate foi acionado e constatou o óbito de Débora Raquel Silva, que não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local.

Edgar de Oliveira Fonseca

Os PMs seguiram para a casa do autor dos disparos e ex-companheiro da vítima. O homem foi encaminhado à delegacia e negou envolvimento com o crime, entretanto ele foi reconhecido pelo namorado da sua ex-companheira. De acordo com a SSP, foi requisitado perícia para o local dos fatos, exames residuográficos, além de imagens de câmeras de monitoramento da região.

A arma do policial foi encaminhada para a perícia. O caso foi registrado pela Delegacia Sede da cidade. Lotado no 6º BPM/I, o investigado foi encaminhado ao Presídio Militar Romão Gomes, na Capital.

Vítima tinha dois filhos com o policial militar, que a matou a tiros em Guarujá, SP — Foto: Reprodução/Facebook
Vítima tinha dois filhos com o policial militar, que a matou a tiros em Guarujá, SP — Foto: Reprodução/Facebook

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *