Força-tarefa encontra celulares na ala de Arcanjo e Sandro Louco

Os agentes penitenciários do Grupo de Intervenção Rápida apreenderam dentro da Penitenciária Central do Estado (PCE), antigo Pascoal Ramos, em Cuiabá, no fim de semana, celulares que estavam escondidos na parede do cubículo 15.  A apreensão foi feita no raio cinco, lado B, local onde ficam os presos de alta periculosidade como o bicheiro João Arcanjo Ribeiro e o assassino Sandro Rabello, conhecido como “Sandro Louco”. Apenas nesse quadrante foram encontrados oito celulares.

O raio cinco da penitenciária é divido em dois lados, sendo A e B, separados por um muro de contenção. Nessa ala, são lotados os presos que representam maior risco como, por exemplo, membros do Comando Vermelho. Nesse local da PCE é permitido apenas dois presos por cela. Por isso, não é possível afirmar que os celulares eram de Arcanjo e/ou Sandro Louco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *