Gestão democrática da Educação resulta em avanços significativos superando metas em 2019

Foram investidos 26,66% da receita municipal total, que corresponde R$ 215.09 milhões, 6,66 % a mais do que é previsto pela Legislação

A Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Várzea Grande divulgou relatório das atividades desenvolvidas pela pasta durante o ano de 2019. Entre os destaques a entrega de três novos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI) e a previsão de entrega das obras de construção de mais 12 novas unidades, que ampliará a oferta de vagas para mais 2.400 novos alunos até o final de 2020. Um investimento de R$ 30,8 milhões em infraestrutura, mobiliários e equipamentos para atender a educação infantil.

Mas os investimentos em infraestrutura não pararam por aí. O relatório mostra que 23 unidades do setor educacional, sete escolas de Educação Básica (EMEB); oito Centros de Educação Infantil (CMEI); o Núcleo Tecnológico Municipal (NTM) e o Ginásio Poliesportivo Jorge Mussa foram contemplados com obras de reforma, ampliação e manutenção predial. A Secretaria atendeu quatro escolas com a construção de unidade de esgotamento sanitário e 15 postos de transformação para rede elétrica.

O secretário municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Silvio Fidelis, também citou a retomada da construção, reforma e ampliação do Ginásio Poliesportivo “Júlio Domingos de Campos”, o “Fiotão” transformado em Complexo Esportivo com capacidade para 2,4 mil espectadores sentados, em 3.135,92 m² de área construída contendo quadra poliesportiva coberta com arquibancadas, vestiários, sanitários para atletas e para o público, tribuna de honra, sala de imprensa, lanchonete, sala para eventos, aula, camarim, bilheterias e depósito.

“Logo após a inauguração, o Fiotão sediou a etapa estadual dos Jogos Escolares da Juventude com a participação de atletas de 32 municípios. O ano de 2019 foi com certeza de muitas conquistas para Várzea Grande. Tivemos ainda a construção da Pista de Caminhada e Academia ao ar livre do bairro Alice Ferreira, a reforma do Ginásio Abdão Profeta, a construção da Pista de Skate da Via 31 e a reforma do Estádio Municipal Dito Souza”, lembra o gestor.

O documento aponta ainda avanços significativos na qualidade do nível de ensino e de aprendizagem, infraestrutura, capacitação de profissionais, programas e projetos desenvolvidos por meio de parceria com entidades públicas e privadas buscando uma “Escola Evolutiva na Construção da Excelência”, tema idealizado pela prefeita Lucimar Sacre de Campos.

“É importante ressaltar que em 2019, a Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer investiu 26,66% da receita municipal total, o que corresponde R$ 215.09 milhões. Um percentual de 6,66 % a mais do que é previsto pela Legislação”, informou o secretário.

A aplicação dos recursos oriundos dos repasses do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), que era de 60% em 2019, alcançou o índice de 60,28%, e os repasses efetuados nas Escolas de Educação Básica e Centros de Educação Infantil provenientes do Programa Municipal Dinheiro Direto na Escola (PDDE) totalizaram R$ 2,38 milhões. “Com os investimentos foi possível alcançar todas as metas do Plano de Desenvolvimento Institucional Integrado (PDI) projetados para o ano de 2019 como por exemplo, atender aos estudantes da rede municipal de ensino com 28 mil uniformes e pares de tênis gratuitos, que garantiram a identificação para os alunos com mais conforto, praticidade e segurança”, ressalta o gestor.

O atendimento do Programa Escola em Tempo Ampliado (ETA) foi estendido para 17 unidades, beneficiando 1.356 alunos, com atividades esportivas, dança, música, teatro, artesanato, reforço e letramento no contra turno escolar. “Tínhamos previsto no Plano Plurianual (PPA), a ampliação de duas escolas, e a cada ano para o programa ETA, desde sua criação em 2015 até 2021, mas essa meta foi superada já em 2019”, comemora Silvio Fidelis.

Na área de parcerias com programas e projetos, a Secretaria promoveu a continuação de ações que impulsionaram os trabalhos nas áreas intersetoriais, na participação de alunos, escola e comunidade nas questões sociais, de cidadania e preservação do meio ambiente. A exemplo da parceria com o Itaú Social, e, o Programa Redes e Territórios Educativos desenvolvido apenas em Várzea Grande e em São Luis do Maranhão.

O relatório também aponta os projetos: União Faz a Vida, em parceria com o SICRED; Um Por Todos, Todos Por Um; Concurso de Redação, com a seccional Várzea Grande da OAB e Ministério Público; Saúde Na Escola, com a Secretaria Municipal de Saúde; Vereador Mirim, com a Câmara Municipal; PROERD, com a Polícia Militar; Na Fita Certa, com a Polícia Civil, Projeto Integrador em parceria com o UNIVAG, Projeto Fortalecer em parceria com o Ministério Público e a participação destacada das escolas municipais no Festival Estudantil Temático para o Trânsito (FETRAN) da Polícia Rodoviária Federal.

Entre as atividades pedagógicas desenvolvidas em 2019, estiveram a realização de cinco cursos de capacitação para 1.401 professores de todas as áreas da educação municipal, a implementação do Documento de Referência Curricular para Mato Grosso; a construção do Documento de Referência Curricular para Várzea Grande; a divulgação e capacitação de multiplicadores da Base Nacional Comum Curricular e do Documento de Referência Curricular para Mato Grosso. Além do trabalho realizado pelos profissionais do Setor Pedagógico no monitoramento da qualidade do processo de ensino e aprendizagem dos alunos do Ensino Fundamental, através de avaliação de larga escala para 6.805 alunos dos 1º e 2º anos e a prova “Avalia Várzea Grande” – simulado para os 5º e 9º anos com participação de 2.502 alunos.

A área cultural também teve avanços significativos em 2019 com a criação do Conselho Municipal de Cultura, a instalação de quatro Pontos de Cultura, duas Bibliotecas e a realização do Projeto Alegria na Praça, que levou aos bairros apresentações artísticas, fanfarras, artistas regionais, sempre com a participação da Banda Municipal. Em 2019 a Casa das Artes contou com cursos de balé, artesanato, bordado, rede no tear, pintura e corte e costura atendendo a população além da exposição de produtos artesanais produzidos pela comunidade artística de Várzea Grande.

Fonte: Rafaela Maximiano – Secom/VG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *