Governo de MT investe em ações sociais do Ser Família Emergencial e Vem Ser Mais Solidário com recursos próprios

As ações visam auxiliar famílias carentes em todo o Estado, que tiveram redução da renda por conta da pandemia da Covid-19

Os investimentos dos programas sociais Vem Ser Mais Solidário e Ser Família Emergencial são executados com recursos oriundos do caixa próprio do Governo de Mato Grosso. As ações visam auxiliar famílias carentes em todo o Estado, que tiveram redução da renda por conta da pandemia da Covid-19.

Para o Vem Ser Mais Solidário, foram investidos cerca de R$ 24 milhões, com a distribuição de 340 mil cestas básicas, durante o ano de 2020. Do total, R$ 18 milhões foram em recursos próprios e outros R$ 6 milhões em doações da iniciativa privada para o programa, coordenado pela primeira-dama Virginia Mendes.

Já este ano, o Governo destinou mais R$ 44 milhões, em recursos da Fonte 100, para aquisição de mais 534 mil cestas básicas, que já são distribuídas às famílias de baixa renda em todo Estado.

O Ser Família Emergencial vai atender mais de 100 mil famílias em situação de pobreza extrema nos 141 municípios. Foram destinados R$ 45 milhões, sendo R$ 35 milhões em recursos próprios do Executivo Estadual e R$ 10 milhões da Assembleia Legislativa.

Esse valor vai proporcionar a transferência de renda de R$ 150 pelo período de três meses, exclusivamente, para a compra de alimentos. Os cartões já são distribuídos e serão abastecidos no dia 8 de maio.

Mais dois meses de auxílio

Neste sábado (01.05), o governador Mauro Mendes e o senador Jayme Campos firmaram parceria para ampliar o tempo de duração do Ser Família Emergencial. Serão mais R$ 15 milhões em recursos próprios do Estado e outros R$ 15 milhões de emenda parlamentar destinada pelo senador.

Com o valor de R$ 30 milhões a mais, as famílias beneficiadas receberão o auxílio emergencial por mais dois meses, totalizando cinco meses de transferência de renda do Governo de Mato Grosso aos mais necessitados pelo Ser Família Emergencial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *