Homens são presos por descumprimento de medidas protetivas contra ex-mulher e a mãe

Um deles esteve preso anteriormente por violência doméstica. O outro é dependente químico e rasgou o documento da medida que foi concedida à mãe dele

A Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande (DEDMCI) prendeu nesta quinta-feira (28.01), dois homens por crimes no âmbito da violência doméstica. Ambos descumpriram medidas protetivas.

Um dos presos, de 44 anos, teve a ordem judicial decretada pela 1a Vara da Violência Doméstica de Várzea Grande por descumprimento de medida protetiva imposta pela Justiça em conformidade com a Lei Maria da Penha.

Mesmo com dois inquéritos policiais tramitando na delegacia especializada em que ele é investigado por crimes de violência doméstica, a ex-companheira não se sentia segura. Diante da representação da vítima e da possível existência de risco, a Polícia Civil representou pelo pedido de prisão.

A segunda prisão foi em flagrante, de um homem que também descumpriu a medida protetiva concedida pela Justiça à mãe do suspeito.

Conforme apuração da Delegacia da Mulher de Várzea Grande, o investigado não estava respeitando as restrições impostas tendo, inclusive, rasgado o documento judicial que tratava sobre as medidas protetivas.

Por ser usuário de drogas e violento, a mãe do suspeito demonstrou que precisava de auxílio estatal e diante do risco e do flagrante, os policiais civis efetuaram a prisão do agressor.

Após o registro do flagrante, a Delegacia Especializada da Mulher representou pela conversão do flagrante em prisão preventiva.

A delegada Mariell Antonini Dias destacou o empenho das equipes da unidade especializada para que as medidas protetivas tenham efetividade. “Nesta data efetuamos as duas prisões, além dos atendimentos e procedimentos de rotina da unidade policial, que são inúmeros diariamente”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *