Integrante de organização criminosa é presa pela PM com R$ 20 mil em Várzea Grande

Dinheiro seria proveniente de golpes na internet

Policiais Militares prenderam, no final da tarde desta segunda-feira (08.11), uma mulher de 27 anos que alegou ser “contadora” de uma organização criminosa no município de Várzea Grande. Na residência em que a suspeita morava, a PM apreendeu R$ 20 mil reais em espécie, quantia que seria oriunda de golpes praticados em um site de compra e venda.  

Segundo as informações do boletim de ocorrência, após patrulhamento pelo bairro Monte Castelo, a guarnição avistou dois suspeitos que, ao notarem a presença dos militares, saíram correndo e adentraram algumas residências. Foi feito o acompanhamento dos indivíduos pela região, que ao entrarem em um matagal conseguiram fugir.

Em uma das casas que a dupla adentrou, os policiais militares fizeram diligências e encontraram uma grande quantidade de dinheiro dentro de uma caixa. Questionado sobre a origem do material, o proprietário da residência informou que seria da sua filha. Em contato com a suspeita, que já possui passagem criminal por tráfico de drogas, ela relatou ser contadora a mando de uma organização criminosa e que aplica golpes pela internet, que sua função é fornecer contas para movimentar o dinheiro. Relatou, ainda, que no mês passado, cerca de R$ 10 mil reais foram movimentandos a mando da organização. 

Diante das informações, a mulher foi presa e apresentada à Delegacia de Polícia por estelionato, promover ou constituir organização criminosa e crimes contra o patrimônio. 

Além do dinheiro, a PM apreendeu também o celular da conduzida para investigação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *