Jayme Campos se reúne com presidentes do TCU e do FNDE para destravar recursos do parados em prefeituras

O senador Jayme Campos (DEM-MT) participou de audiência com o presidente do Tribunal de Contas União (TCU), José Mucio Monteiro, e o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), professor Carlos Alberto Decotelli, para discutir as possíveis soluções acerca dos recursos do fundo que estão parados em contas de inúmeras prefeituras brasileiras, em valores que ultrapassam os bilhões de reais, e a possibilidade de remanejamento dos saldos disponíveis.

Jayme Campos pediu ao presidente do TCU esforço para solucionar o problema. “É uma situação estarrecedora. Existem casos de CMEIs que tem 80, 90% com suas obras concluídas e que estão parados porque esses recursos não podem ser remanejados. Isso não pode acontecer. Vamos tentar todas as vias possíveis. O que não pode acontecer são esses recursos ficarem parados. Precisamos destravar esses recursos, retomando obras que são fundamentais para a educação brasileira”, destacou o senador.

Durante a reunião, José Mucio disse que o melhor caminho para seguir para destravar os recursos é procurar o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. “Essa é uma decisão política, onde o Legislativo e o Executivo podem decidir o que fazer”, disse, afirmando ainda que o TCU deve cumprir a lei, “ainda que não concorde com ela”. O senador de Mato Grosso, então, disse que vai motivar o governo federal a apresentar uma Medida Provisória que faria com que o dinheiro fosse remanejado, mas rapidamente.

O presidente do FNDE ficou bastante animado com o encontro e elogiou a postura do senador mato-grossense. “Jayme Campos tem nos ajudado muito e tem se empenhado de forma animadora. A sua ajuda tem sido de fundamental importância para o FNDE”, destacou. O encontro ocorreu nesta terça-feira (18.06) na sede do TCU.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *