Kalil vai ampliar atendimentos aos vulneráveis de VG

O candidato a prefeito de Várzea Grande quer construir mais dois Centros de Referência de Assistência Social no Município. Com isso, mais de 2,5 mil famílias várzea-grandenses serão beneficiadas, todo ano, pelos programas sociais.

Partindo da proposta de uma gestão mais humana, o candidato a prefeito pela coligação ‘Amor por Várzea Grade’, Kalil Baracat (MDB), projeta a ampliação dos atendimentos às pessoas em situação de vulnerabilidade social. Para que isso se torne realidade, o emedebista pretende construir mais dois Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) no Município, com capacidade para oferecer auxílio a mais de 2,5 mil famílias várzea-grandenses todo ano.

Existem atualmente quatro unidades na cidade localizadas nas regiões Norte, Sul, Leste e Oeste que, juntas, prestam diversos tipos de atendimentos a mais de 5 mil famílias todo ano. A proposta é que os dois novos CRAS sejam construídos nas regiões do Jardim Glória e do Cristo Rei. “O prefeito tem que ser aquela pessoa que olha o seu povo com amor e carinho. E que ajuda as pessoas a melhorarem de vida. É isso o que vamos fazer, ampliando a oferta de serviços públicos e dando assistência para nossa população”, garantiu Kalil.   

Durante a gestão Lucimar Campos (DEM), pelo menos 30 mil famílias receberam algum tipo de atendimento pelos CRAS, como cadastro nos programas sociais do governo federal como o Bolsa Família, Renda Brasil, Minha Casa, Minha Vida, entre outros. “Além disso, os CRAS atendem jovens e mulheres em situação de vulnerabilidade, visando a inserção ou reinserção no mercado de trabalho, por meio da oferta de capacitações”, explicou Kalil.

No CRAS são desenvolvidos diversos projetos, como as oficinas de capacitação do ‘Amigas Empreendedoras’, direcionado às mulheres que estão em busca de inserção ou reinserção no mercado de trabalho, seja por meio de emprego formal ou do empreendedorismo. Há ainda o projeto ‘Laços Maternos’, voltado às mulheres gestantes que oferece qualidade de vida ao binômio (mãe e filho), fortalecendo a convivência familiar e comunitária.

Outro projeto desenvolvido nos Centros de Referência é o ‘Pão e Leite’, que atende famílias inseridas no Serviço de Convivência e Fortalecimento dos Vínculos (SCFV). A proposta visa empoderar mães ou responsáveis familiares, por meio da oferta de oficinas de panificação e confeitaria. O projeto atende 2.248 famílias 53 bairros do município desde maio de 2017.

Voltado ao público mais jovem, a Prefeitura de Várzea Grande ainda desenvolve os projetos ‘Juventude Ativa’, que envolve pré-adolescentes e adolescentes visando o fortalecimento do vínculo familiar e comunitário, além do ‘Caderno II’, também para adolescentes. A proposta é fomentar o protagonismo, cidadania e autonomia dos usuários atendidos a partir dos interesses destes. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *