LEI ALDIR BLANC: Edital de R$ 2,75 milhões vai movimentar circuito de mostras e festivais em Mato Grosso

Secel vai selecionar 28 projetos de diferentes categorias, abrangendo ações com e sem edições passadas. Inscrições até 12 de novembro

A Secretaria de Estado de Cultura, Esportes e Lazer (Secel) vai selecionar 28 projetos de diferentes categorias, abrangendo ações com e sem edições passadas. Na foto Festrilha 2019 – Foto por: João Felipe/Secel-MT

Mostras e festivais também estão contemplados com recursos da Lei Aldir Blanc em Mato Grosso.  Serão investidos R$ 2,75 milhões para promover festivais, mostras, exposições coletivas, seminários, festividades e atividades formativas em todo o estado.

Por meio do edital Circuito de Mostras e Festivais, a Secretaria de Estado de Cultura, Esportes e Lazer (Secel) vai selecionar 28 projetos de diferentes categorias, abrangendo ações com e sem edições passadas.  As atividades a serem desenvolvidas precisam estar inseridas em um ou mais segmentos culturais.

Para projetos de continuidade estão previstos valores de R$ 100 mil e R$ 200 mil, variando de acordo com o número de edições já realizadas. As propostas de mostras e festivais que nunca tiveram edições passadas receberão R$ 50 mil ou R$ 70 mil para sua realização. 

Na análise dos critérios para classificação ganham pontos projetos de proponentes que recebem até um salário mínimo mensal, que não possuem renda fixa ou que sejam executados por pessoa jurídica cujas atividades foram interrompidas por causa da pandemia.

Também há aumento da pontuação para incentivo de iniciativas vindas de pequenos municípios. Além de prever a descentralização dos recursos, os editais garantem cinco ou 10 pontos para proponentes residentes em municípios que tenham até 100 mil habitantes.

Projetos com a participação de pessoas com deficiência e de proponentes que expressam identidade de gênero feminino também recebem pontuação.

A seleção pública é mais uma ação emergencial que visa retomar as atividades culturais em Mato Grosso e minimizar os efeitos da pandemia no setor.  A realização das ações artísticas e culturais serão feitas de forma online ou ainda presencialmente caso haja possibilidade de segurança sanitária e seja devidamente autorizado pelos órgãos e decretos locais. 

“Consideramos importante que as mostras e festivais estivessem amparados em nossos editais. São atividades que celebram as tradições, movimentam o mercado cultural e dão evidência aos trabalhadores da cultura, além de envolver um bom número de pessoas”, ressalta o titular da Secel, Alberto Machado.

Serviço

Edital Circuito de Mostras e Festivais

Valor total: R$ 2,75 milhões

Projetos beneficiados: 28

Prazo de inscrição: 12 de novembro de 2020

Acesso ao edital e formulários: AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *