Lei Seca prende 9 motoristas em Várzea Grande e 20 em Sorriso

Operação fiscalizou 42 veículos em Várzea Grande, sendo que 33 deles foram autuados e 30 foram recolhidos

Nove motoristas foram presos e 30 veículos foram removidos na 37ª edição da Operação Lei Seca. A ação ocorreu na tarde deste domingo (22.08), na Avenida Frei Coimbra, no bairro Jardim Ouro Branco, em Várzea Grande.

Ao todo, 68 Autos de Infração de Trânsito (AITs) foram lavrados, sendo 18 por conduzir veículo sem habilitação, 16 por conduzir veículo sob efeito de álcool, 14 por dirigir veículo sem registro ou não licenciado. Houve ainda duas notificações a condutores que recusaram-se a fazer o teste de alcoolemia.

A operação fiscalizou 42 veículos, sendo que 33 deles foram autuados. Dos 30 veículos removidos, 20 eram carros e 10 motocicletas. Também foram recolhidos 15 documentos, entre eles 12 CHNs e três Certificados de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV).

Os 14 condutores que dirigiam sem habilitação tiveram o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) lavrado, que é direcionado a crimes de menor potencial ofensivo.

Participaram desta edição o Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT); a Polícia Militar (PM-MT), por meio do Batalhão de Trânsito (BPMTRAN); a Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), por meio da Delegacia Especializada de Trânsito (Deletran); o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT); a Guarda Municipal de Várzea Grande e o Sistema Penitenciário, por meio do Serviço de Operações Especiais (SOE).

Lei Seca em Sorriso

Em dois dias de Operação Lei Seca no município de Sorriso (397 km de Cuiabá), 20 motoristas foram presos, sendo 19 por embriaguez ao volante e um por recusar-se a fazer o teste de alcoolemia. A operação ocorreu na última sexta-feira e sábado (20 e 21.08), na Rua Tangará com a São Francisco de Assis.

Além disso, 39 Autos de Infração de Trânsito (AITs) foram lavrados por direção sob influência de álcool e sete CNHs foram recolhidas. Ao todo, 91 veículos foram fiscalizados pelas forças de segurança e 44 veículos foram removidos por irregularidades, sendo 22 carros e 22 motocicletas.

A operação integrada foi realizada pelo Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M), com o apoio da 12º Batalhão de Polícia Militar do município; da Polícia Judiciária Civil do município; do Corpo de Bombeiros Militar local; do 37º Ciretran; da Guarda Municipal; do Procon Municipal; do Núcleo Integrado de Fiscalização e da Secretaria Municipal de Segurança Pública.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *