LUTO: Polícia Civil lamenta morte do investigador de polícia Alex Jorge da Silva

Com pesar, a Polícia Civil de Mato Grosso lamenta a perda de mais um grande guerreiro da instituição para o covid-19. O investigador de polícia, Alex Jorge da Silva, de 52 anos, lotado na 1ª Delegacia de Polícia de Cáceres (228 km a oeste de Cuiabá) não resistiu à doença e faleceu na  sexta-feira (09.04). Alex Jorge estava internado no Hospital São Luiz, desde meados do mês de março quando seu quadro de saúde se agravou. 

Nascido em Cáceres, o policial civil aos 33 anos de idade ingressou na instituição em 2001. Durante os 20 anos de dedicação e brilhantes serviços prestados, o policial civil exerceu suas funções lotado nas unidades policiais da Regional de Cáceres. Atualmente ele trabalhava na Divisão de Roubos e Furtos da 1ª Delegacia de Polícia de Cáceres.

O delegado regional de Cáceres, Alex de Souza Cuyabano, destaca o investigador como um homem extraordinário e bastante comprometido com o  trabalho. Infelizmente perdemos mais um grande profissional e comapnheiro de profissão.  Alex Jorge da Silva deixa esposa, um filho e muitos amigos.  

“É mais um momento de grande tristeza para Regional de Cáceres e para toda Polícia Civil. Deus está recebendo o nosso companheiro de braços abertos e com todas as honrarias merecidas”, disse o regional.

Para o delegado-geral Mário Dermeval a instituição segue em luto, pelas tantas perdas irreparáveis de profissionais de alto nível e com atuações brilhantes;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *