Mais dez foragidos da Justiça por crimes sexuais são localizados e presos pela Polícia Civil

As prisões foram efetuadas pela Polinter em Cuiabá, Várzea Grande e Jangada

A Polícia Civil, por meio da Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Polinter), cumpriu mais 10 mandados contra foragidos da Justiça que estavam com prisões decretadas por crimes sexuais envolvendo crianças e adolescentes.

As prisões foram efetuadas entre os dias 16 e 25 de junho na Capital e em Várzea Grande e Jangada e fazem parte da Operação Acalento desencadeada em todo país sob coordenação do Ministério da Justiça.

No bairro Pedra 90, em Cuiabá, foram presos dois foragidos que respondem por estupro e estupro de vulnerável. Um deles tem 74 anos e foi localizado na sexta-feira (25). O outro homem, de 50 anos, foi detido no momento em que chegava do trabalho, onde atuava como porteiro. Além do estupro, ele responde pelo crime de roubo.  

Outros foragidos da Justiça foram localizados pelas equipes da Polinter nos bairros Pedregal, CPA 4 e Campo Velho.  

Os mandados de prisões são relativos aos crimes de estupro de vulnerável, estupro e violação sexual cometidos contra crianças e adolescentes.

A Operação Acalento é realizada pelas Polícias Civis em todos os estados do País para cumprimento de prisões, instauração e conclusão de investigações referentes a crimes sexuais contra o público infantojuvenil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *