Marido mata empresária, procura a polícia simulando sumiço da vítima e é preso

Corpo da empresária foi encontrado no portão de uma serraria na MT-206 horas depois do crime.

Andrea Ramos Costa, de 31 anos, foi encontrada morta na porta de uma serraria em Colniza — Foto: Facebook

Uma empresária foi assassinada nesta segunda-feira (23) no Distrito de Guariba, em Colniza, Mato Grosso. Andrea Ramos Costa, de 31 anos, foi encontrada morta na porta de uma serraria, na MT-206. Ela era proprietária de uma loja de móveis no distrito.

Acusado pelo crime, o marido dela, Diego Fernandes de Almeida, de 29 anos, foi preso em flagrante após procurar a polícia simulando que a mulher havia desaparecido. Ele disse à Polícia Militar que Andrea tinha desaparecido, mas estava nervoso e levantou suspeitas dos policiais.

Na residência do casal, a PM encontrou o celular da vítima no guarda-roupas, além de roupas sujas de sangue. A caminhonete da empresária também tinha vestígios de sangue.

A polícia analisou câmeras de segurança que mostram Diego saindo da casa com um colchão na carroceria da caminhonete da empresária. Ele ainda carregou areia para esconder as manchas de sangue na casa e no veículo.

Diego Fernandes de Almeida, de 29 anos, procurou a polícia simulando que a mulher havia desaparecido. — Foto: Facebook

Diego Fernandes de Almeida, de 29 anos, procurou a polícia simulando que a mulher havia desaparecido. — Foto: Facebook

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *