Max Russi dá sequência a encaminhamentos de audiência publica “Trabalho Igual, Salário Igual”

A igualdade entre mulheres e homens, no mercado de trabalho, foi debatida na audiência pública “Trabalho Igual, Salário Igual”, realizada nessa segunda-feira (27), no auditório Deputado Milton Figueiredo da Assembleia Legislativa. O evento foi proposto pelo primeiro-secretário, deputado Max Russi (PSB), com a participação efetiva da Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais – BPW (Business Profissional Women), Cuiabá.

Realizadas as palestras e debates, junto ao corpo técnico, 6 propostas foram encaminhadas, sendo elas: Criação de um Fórum Permanente para discutir igualdade salarial; Discussão nas escolas com o projeto Trabalho, Justiça e Cidadania dos Jovens, com o apoio da Assembleia e BPW; Projeto de Lei para isenção ou incentivo fiscal para empresas que cumpram metas de empregabilidade de mulheres; Estudo de ações para tornar a fiscalização contra a desigualdade salarial mais, entre os gêneros, mais efetiva e Outubro Rosa do Feminicídio; Capacitação de estudantes das faculdades de Propaganda e Marketing e construção de um Fórum Permanente, para discutir ações efetivas de combate a desigualdade de gênero.

Ao final da audiência, o deputado Max Russi entregou moções de aplausos a todos os envolvidos, em reconhecimento as políticas públicas sociais desempenhadas em conjunto.

“Um ato singelo, mas que leva incentivo a todo o trabalho social feito por essas pessoas. Hoje pudemos debater aqui as diretrizes para uma caminhada mais efetiva e resolutiva, quanto a desigualdade salarial de gênero em nosso estado”, analisou o parlamentar.

Estiveram presentes a diretora jurídica da BPW-Cuiabá, Claudia Aquino, o juiz federal do Trabalho da 23ª Região João Alberto Cezário, juíza federal do Trabalho da 23ª Região Graziele Cabral Braga de Lima, procurador Regional do Ministério Público do Trabalho, Alessandro Santos de Miranda, superintendente Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso, Eduardo de Souza Maria, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Cuiabá (ACC) e a procuradora do Estado e a presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher Glaucia Anne Kelly.

“Trabalho Igual, Salário Igual” teve o intuito de estabelecer a pauta da igualdade salarial entre os gêneros e também contou com a participação da Associação Dos Revendedores Da Venda Direta De Mato Grosso (Arvend), VG Mais Ação, magistrados, representantes do Judiciário e da BPW-Cuiabá, além da presidente interina da Casa de Leis Janaína Riva (MDB) e do deputado Federal Doutor Leonardo Albuquerque (SDD).

Fundada em 2001 pela jornalista e empresária Sueli Batista, a BPW Cuiabá tem trabalhado na missão de agregar mulheres de negócios e profissionais, orientando e coordenando seu desenvolvimento pleno nas esferas dos poderes público e de mercado. Em um olhar lançado sobre 12 anos de história, através

de projetos e ações, tem estimulado cenários propícios a mulheres no ramo do empreendimento.

Estatísticas

O deputado Max Russi ressaltou a importância da realização da audiência pública “Trabalho Igual, Salário Igual” e pontuou atuais estatísticas. Uma delas foi em relação a queda na desigualdade de salários entre 2012 e 2018, onde pesquisa aponta que mulheres ainda ganham 20,5% a menos que os homens, isso conforme o dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Russi lembrou ainda que, de acordo com o Ministério do Trabalho, no Brasil houve crescimento da ocupação feminina em postos formais de trabalho, de 40,8% em 2007 para 44% em 2016, ou seja, um número não expressivo.

“É tempo de reafirmarmos essa luta contra a desigualdade salarial e, para isso, é necessária essa união. Vamos fazer esses encaminhamentos e buscar aplicar essas diretrizes” assegurou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *