Ministro garante repasses para assistência social dos municípios

Senador Wellington Fagundes participou de audiência para pedir quitação de atrasos em programas do Sistema Único de Assistência Social

O ministro Osmar Terra, da Cidadania, garantiu na terça-feira, 15, que o Governo está empenhado em efetuar, ainda em 2019, repasses para programas de assistência social executados, neste ano, pelos municípios. A afirmativa foi feita durante reunião com o senador Wellington Fagundes (PL-MT), da qual participaram o presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Glademir Aroldi; o presidente da Associação Mato-Grossense dos Municípios, Neurilan Fraga; o prefeito de Primavera do Leste, Leonardo Bortolin; e o prefeito de Nova Ubiratã, Valdenir Santos (MDB – MT).

Segundo Wellington Fagundes, todos os municípios brasileiros estão com atrasos no pagamento do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), e são justamente esses programas que amparam a população mais carente do país, em especial no interior de Mato Grosso. “Felizmente temos essa garantia de muito trabalho por parte do ministro. A aprovação da cessão onerosa do Pré-Sal e o posterior leilão dos campos certamente darão, também, um respiro para o Governo Federal efetuar esses pagamentos”, comemorou o senador.

“Temos um rombo de R$ 150 bilhões que temos que cobrir – afirmou o ministro. Então, houve contingenciamento, realmente houve uma dificuldade de garantir esse pagamento em dia. Queremos agora, com recursos que podem vir da cessão onerosa, ou que nós estamos transferindo de uma área para a outra, poder pagar os municípios. Eu vivi uma situação semelhante no governo anterior e conseguimos botar em dia os pagamentos. Pretendo fazer a mesma coisa agora. O SUAS é prioridade para nós”, assegurou Osmar Terra.

O prefeito Leonardo Bortolin afirmou que saiu da reunião com uma “perspectiva muito positiva, não só para o município de Primavera do Leste, mas para todo o Estado”. Segundo ele, é fundamental agradecer ao senador Wellington Fagundes, que fez a ponte para que o ministro Osmar Terra realizasse essa agenda junto com a AMM e a CNM. 

“O cidadão está precisando do Sistema único de Assistência Social e não está tendo esse tratamento por parte do município devido a alguns atrasos. O ministro prontamente se solidarizou, e não vai medir esforços atendendo ao pedido do senador Wellington para resolver esse impasse”, completou o prefeito.

Ambos os gestores municipais também aproveitaram a ocasião para elogiar o empenho do senador Wellington na votação e aprovação da cessão onerosa do Pré-Sal, nesta terça-feira, no Senado. A medida vai garantir quase de R$ 200 milhões em repasses para municípios somente em Mato Grosso. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *