Moradores agradecem Botelho pela entrega de mais 904 títulos urbanos em VG

Ação é fruto da parceria da Assembleia Legislativa, MT Par e Instituto de Terras de Mato Grosso – Intermat

Mais 904 famílias receberam a escritura de seus imóveis, de bairros de Várzea Grande, cidade que completa 155 anos no dia 15 de maio. Os moradores agradeceram o deputado Eduardo Botelho (União Brasil), presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, pela realização do sonho graças à parceria com o MT Par e Instituto de Terras de Mato Grosso – Intermat.

A entrega das escrituras foi feita, nesta segunda-feira (09), no Ginásio Fiotão, para moradores dos bairros 24 de Dezembro, 7 de Maio, Asa Bela, Cabo Michel, Cristo Rei, Dom Bosco, Dom Orlando Chaves, Jardim Primavera, Jayme Campos, Nossa Senhora da Guia, Santa Izabel e Tarumã.

Servidor público municipal da Educação, o morador do 24 de Dezembro, Jaime de Oliveira, comemorou o recebimento da escritura. “Estou muito feliz por conseguir pegar esse título que é o sonho de todos os moradores. É um momento de emoção. Só tenho a agradecer e desejo boa sorte ao deputado Botelho que é uma pessoa que a gente pode esperar muito dele. Hoje realizo um sonho que aguardava desde 1992”.

A mesma alegria de Tânia Campos de Barros, moradora do Jardim Primavera. “Estou muito feliz com as ações feitas em nosso bairro. Agora tenho a escritura da minha casa. É um alívio, uma segurança jurídica e posso dormir tranquila. Agradeço ao deputado Botelho por tudo, pela força, ele é muito querido em Várzea Grande. Unidos a gente consegue!”

15 mil escrituras em Várzea Grande

A parceria avança e deverá resultar na entrega de mais 15 mil títulos definitivos em Várzea Grande. O deputado Botelho defende a força-tarefa para zerar o problema de regularização fundiária em Mato Grosso e assinou ontem a regularização fundiária para mais 15 mil famílias do município. Ação avaliada em R$ 17,8 milhões do Governo do Estado, em parceria com a Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

“Estamos fazendo isso com recursos da Assembleia Legislativa e governo do estado para zerar a demanda de regularização fundiária. Hoje concretizamos um grande passo e vamos prosseguir até zerar esse problema, já temos recursos garantidos, empresas contratadas, e o Intermat fazendo esse trabalho para entregar as escrituras para a população de forma totalmente gratuita. É uma parceria que deu certo. Vamos regularizar mais de 15 mil títulos em Várzea Grande, trabalhar até acabar com esse problema de regularização fundiária em Mato Grosso”, garantiu Botelho, ao acrescentar que há convênios com a MT Par, para regularizar imóveis de todas as regiões, como a Araguaia e Médio-Norte”.

Parceria reconhecida pelo prefeito Kalil Baracat, que já recebeu recursos para todos os setores essenciais. Somente para a pavimentação e recuperação asfáltica Botelho destinou R$ 60 milhões.

“Esse sonho se concretiza com a parceria do governo do estado e da Assembleia Legislativa. O deputado Botelho é o apoiador dessa causa, em seu nome agradeço toda Assembleia Legislativa. Temos a previsão de investimentos para esse ano de R$ 16 milhões, sendo de três a quatro mil títulos por ano e chegar em 2024, com a entrega de 15 a 16 mil títulos”, informou Baracat.

De acordo com o governador Mauro Mendes, o trabalho evolui nesse setor e os resultados começam a aparecer em todo estado. “Título representa muito para as pessoas, que durante a vida inteira, construíram suas casas, mas não têm a propriedade sob o ponto de vista da legalidade. Então, estamos fazendo isso, não entregando só um título, mas uma escritura, porque todos já vêm registrados em cartórios para acabar definitivamente com aquela insegurança. Estou muito feliz com os bons resultados que estamos alcançando nessa área. Os recursos que a Assembleia Legislativa devolveu ao governo, estamos aplicando uma parte na regularização fundiária”.

“Botelho é o entusiasta pelo processo de regularização”, diz Serafim

Presidente do Intermat, Francisco Serafim informou que foram entregues ontem, com apoio da Assembleia Legislativa, 904 títulos do Intermat e mais de 100 títulos de áreas da prefeitura de Várzea Grande.

“Deputado Botelho é o entusiasta pelo processo de regularização, a escritura que o cidadão recebe é o resgate da dignidade que ele tem. Há famílias que aguardavam esse momento há mais de 30 anos. A Assembleia Legislativa já nos deu o suporte necessário, nesse caso foram R$ 8 milhões e o governo R$ 9,8 milhões. Isso para entregarmos documentos de 15 mil imóveis regularizados, todos com registros prontos, certidão de matrícula emitida pelos cartórios. Já sai completo. Mas, sem o deputado Eduardo Botelho não estaríamos aqui em Várzea Grande e em todo o estado, a parceria com ele é formidável”, disse Serafim.

A próxima entrega será em Cuiabá e, na sequência, no interior, Juina será uma das contempladas em breve. Expectativas para entregar 21 mil escrituras em Mato Grosso ainda em 2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.