Mulher é presa com mais de 113 fardos de cigarros do Paraguai e por promover aglomeração em conveniência

Em Sinop, uma ação integrada entre a Polícia Militar e Polícia Civil prendeu um homem e uma mulher (44 e 18 anos) por promover aglomeração de pessoas e contrabando, na noite de sábado (13), no bairro Vila Lobos.

Por volta das 18 horas, as equipes da PM receberam informações de que havia uma conveniência sendo utilizada de fachada para o tráfico de drogas e contrabando de produtos oriundos do Paraguai. Segundo a denúncia, as atividades ilícitas realizadas no estabelecimento comercial seriam para uma organização criminosa.

Policiais militares e civis realizaram o monitoramento do estabelecimento e identificou uma movimentação atípica de pessoas no local. Durante a investigação, os policiais notaram que a suspeita deixava a conveniência e se deslocava até sua casa pegava pacotes, em seguida, a mulher retornava para o estabelecimento e entregava a supostos clientes.

Mesmo com o decreto estadual, a conveniência permanecia aberta e com muitas pessoas aglomeradas. A polícia fez a abordagem a mulher e checou o estabelecimento comercial. Na ação, a polícia apreendeu uma bolsa com balança de precisão e maços de cigarros paraguaios. Ainda na checagem, os policiais apreenderam mais maços de cigarros contrabandeados no balcão do estabelecimento.

Na diligência, a polícia descobriu que a suspeita utilizava a sua residência como depósito de caixas de cigarros contrabandeados do Paraguai. Foram apreendidos 113 fardos de cigarros FOX.  Durante a condução da mulher até a viatura, o filho da suspeita xingou e ofendeu os policiais que atuavam na ocorrência. Os policiais tentaram abordar o suspeito que tentou fugir, mas acabou sendo conduzido junto com a mãe para delegacia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *