Mulher esfaqueada pelo marido consegue pular muro para pedir socorro e resgatar as filhas em Goiânia, diz PM

Homem foi preso logo depois, quando tentava fugir com as crianças para Anápolis. Mulher sofreu vários cortes e lesões pelo corpo.

Suspeito de esfaquear mulher e fugir com as filhas pequenas do casal, em Goiânia — Foto: Bope/Divulgação

Um homem de 36 anos foi preso suspeito de esfaquear a mulher e fugir com as filhas pequenas do casal, no sábado (31). De acordo com informações do Batalhão de Operações Especiais (Bope), para conseguir se salvar, a mulher agredida pulou o muro da casa vizinha, no Setor Granja Cruzeiro do Sul, em Goiânia.

Como o nome do suspeito não foi divulgado, o G1 não conseguiu identificar se ele apresentou defesa.

Segundo o Bope, a mulher sofreu vários cortes e lesões pelo corpo, mas não precisou ficar hospitalizada. A Polícia Militar foi acionada para ajudar a localizar as crianças, depois que a mãe delas relatou que as filhas foram levadas à força, contra a vontade dela.

O suspeito, que havia chamado um táxi, foi encontrado próximo ao Terminal Praça da Bíblia, em Goiânia. De acordo com o sargento do Bope Valdeni Vieira dos Santos, o homem tentava embarcar com as filhas em um ônibus com destino a Anápolis, quando foi localizado e detido.

“Como ele saiu recentemente do sistema prisional e usa tornozeleira eletrônica, foi possível encontrar a localização dele”, explicou.

As crianças, ambas menores de 10 anos, foram devolvidas à mãe. O homem foi preso e encaminhado à Delegacia Especializada Em Atendimento À Mulher (Deam). Um escrivão da delegacia informou ao G1, neste domingo (1º), que o suspeito foi levado para o presídio e segue detido, à disposição do Poder Judiciário. Ele deve responder por tentativa de feminicídio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *