MUSCULATURA PARTIDÁRIA: PSD atrai prefeitos e fundador do PSDB municipal para compor legenda

Com novas filiações, partido passa a comandar 13 prefeituras em MT

O Partido Social Democrático (PSD) conseguiu cooptar três nomes de peso para a sigla, após articulações internas que visam já as eleições de 2022. São dois prefeitos, Chico Gamba, de Alta Floresta (633 km de Cuiabá) e Paulo Bortolini, gestor de Nova Santa Helena (599 km de Cuiabá).

Além deles, o PSD atraiu um dos primeiros membros do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) em Alta Floresta, Vicente da Riva, que também foi prefeito do município entre 1997 e 2000. O empresário e produtor rural é uma das figuras pioneiras do município, sendo filho do fundador, Ariosto da Riva.

Ao todo, foram mais de cinquenta novas filiações, realizadas durante ato que contou com a participação do presidente estadual, o senador Carlos Fávaro. “Nosso partido tem propostas firmes e equilíbrio político para poder falar com a esquerda ou com a direita, buscando o melhor para o nosso estado e país”, ressaltou.

Com estas novas filiações, o PSD passa a comandar 13 prefeituras em Mato Grosso. Recentemente, após costura política viabilizada por Fávaro, o único prefeito que havia sido eleito no estado pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Jackson de Oliveira Rios, também passou a integrar os quadros do partido.

“A adesão de tantas pessoas ao PSD é uma mostra de que os prefeitos entendem que estamos atuando no modelo da boa política e trabalhando para assegurar que o Poder Público chegue a todos. Este é um partido gigante, que não nasceu ontem e que possui potencial e força de vontade para crescer muito mais”, comentou Carlos Fávaro.

No cenário nacional, atualmente o PSD se estabeleceu como a segunda maior bancada no Senado Federal, com 11 senadores e a terceira maior bancada da Câmara Federal, com 36 deputados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *