Novo calendário escolar prevê retorno às aulas presenciais em 1º de fevereiro de 2021

De acordo com a portaria publicada nesta terça-feira (10.11), o quarto bimestre deste ano será concluído no ano que vem

As novas normas que reorganizam o calendário escolar de 2020 a serem seguidas pelas 759 escolas da rede estadual de ensino foram publicadas nesta terça-feira (10.11), no Diário Oficial do Estado (DOE). A portaria 603/2020 prevê o encerramento das atividades educacionais de 2020 em 18 de dezembro, e continuidade do ano letivo de 2020/2021 no dia 1º de fevereiro de 2021, já com as aulas presenciais, com revezamento.

A reorganização do calendário escolar 2020 prevê que o quarto bimestre deste ano será concluído no ano que vem. Haverá um biênio com um ano contínuo e previsão de recursos pedagógicos e estratégias para assegurar a aprendizagem dos estudantes. Nos dois anos serão oito bimestres. 

“Estamos trabalhando com a nossa rede para que tenhamos todos os protocolos de biossegurança dentro das escolas. O planejamento prevê medidas para voltarmos com as aulas com segurança e se, em um segundo momento, o quadro da pandemia se alterar, vamos sempre reavaliar para manter a segurança dos nossos alunos, professores e toda a comunidade escolar”, explica o secretário de Estado de Educação, Alan Porto.

A secretária adjunta de Gestão Educacional, Irene de Souza Costa, destaca que um dos pontos para os dois anos contínuos será trabalhar a recuperação da aprendizagem. “Vamos trabalhar de forma que as dificuldades diagnosticadas em 2020, serão o foco para a recuperação do aprendizado”, assinala. As aulas serão de segunda a sexta-feira. Haverá uma carga horária maior com atividades orientadas. Em casa, os alunos terão tarefas para o aprofundamento da aprendizagem. 

Pré-Enem Digital Gold

Os alunos que estão concluindo o 3º ano também podem aderir ao Pré-Enem Digital Gold, que oferece aulas preparatórias aos sábados para o Exame Nacional do Ensino Médio, e complementar a carga horária para a conclusão do ensino regular. O objetivo é, caso o aluno ingresse no nível superior, possa ter a expedição da sua documentação escolar para ingresso. Também há a opção de cursar a integralidade do 3º ano do ensino médio em 2021.

Para os alunos matriculados no 3º ano do ensino médio, Educação de Jovens e Adultos, 9º ano do ensino fundamental, serão ofertados materiais adicionais para complementação da carga horária, de forma assíncrona, possibilitando ao aluno que cumprir com o mínimo de 75% de frequência necessária para sua aprovação até o dia 18 de dezembro.

Confira a portaria 603/2020 na íntegra clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *