NÚMEROS EM ALTA: Várzea Grande supera 5.005 curados da Covid 19

Prefeita sinaliza que avanço no número de curados estimula a gestão municipal a continuar trabalhando

A prefeita Lucimar Sacre de Campos e o Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus comemoraram no princípio da noite de hoje, 14 de agosto, a marca de 5.005 mil residentes em Várzea Grande curados da COVID 19.

“Em tempos de pandemia, uma notícia alvissareira como essa é sempre bom de ser comemorada e nos estimula a continuar enfrentando a doença e alguns setores que tentam politizar um assunto tão sério e que afeta a todos indistintamente “, disse Lucimar Sacre de Campos assinalando que muitos apontam os dedos, mas são poucos que arregaçam as mangas para trabalhar em prol do povo.

Ela ponderou que diariamente medidas estão sendo adotadas, mas dentro da nova realidade, pois a COVID 19 ainda é uma enfermidade que tem seus caminhos pouco conhecidos e que provoca reações diferentes em cada pessoa, em cada ser humano.

Lucimar Campos voltou a defender de forma paulatina e responsável, a retomada de setores da economia que acabaram estagnados por causa do momento vivenciado e ponderou que já está comprovado que se pode flexibilizar as medidas desde que todos se conscientizem de que facilitar a retomada econômica, não pode vir acompanhada de se relaxar as medidas de biossegurança como o uso constante de máscaras, de meios de higienização, de distanciamento e de outras medidas que evitam a propagação da doença.

“Volto a frisar que este momento é importante, pois temos menos de 5,9 mil casos e mais de 5.005 curados e isto demonstra que melhoramos nosso desempenho, avançamos no combate a doença e estamos também paulatinamente, tentando adotar novas medidas que ajudem a população, o comércio e a indústria a retomarem sua normalidade”, disse a prefeita de Várzea Grande.

Ela lamentou que existem setores considerados importantes como o das escolas que ainda não poderão voltar a funcionar, mas isto será passageiro e vai ser superado, mas com responsabilidade.

“Vamos vencer a pandemia porque nos unimos e buscamos o bem comum de todas as pessoas, pois a COVID 19 não vê cor, raça, religião e, portanto, estamos estimulados para vencer mais este obstáculo que afeta a cidade e todas as pessoas indistintamente”, disse Lucimar Sacre de Campos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *