Nutricionista de 33 anos morre após ficar internada em UTI com Covid-19 em Cuiabá

Ela havia sido internada em um hospital, mas recentemente precisou ser transferida para outro após a piora no quadro clínico. Ela estava intubada e em estado grave.

Mylene Borges Pacheco — Foto: Arquivo Pessoal

A nutricionista Mylene Borges Pacheco, de 33 anos, morreu nesse domingo (6) vítima da Covid-19.

Ela estava internada em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular em Cuiabá.

Conforme amigos, que chegaram a organizar uma vakinha no Facebook para arrecadar dinheiro para ajudar no tratamento da jovem nutricionista, Mylene, que tinha diabete, “era sempre alegre, ligada no 220, espalhando boa energias”.

Ela havia sido internada em um hospital, mas recentemente precisou ser transferida para outro após a piora no quadro clínico. Ela estava intubada e em estado grave.

“Semana passada Mylene precisou ser transferida de hospital e incluída em um acompanhamento mais próximo, importante e decisivo para salvar sua vida. Este acompanhamento tem um custo diferenciado”, diz trecho da vakinha organizada por amigos da jovem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *