Oficina educomunicativa estimula estudantes a pensarem sobre o meio ambiente

Material foi exposto na escola e pode ser conferido nas redes sociais

O que você vê pela janela da sua casa sobre o meio ambiente? Esta foi a pergunta que motivou os estudantes da Escola Estadual Manoel Cavalcanti Proença, no bairro Tijucal, em Cuiabá, a produzirem fotos que fizeram parte de uma exposição. Foram mais de 30 imagens, resultado da oficina educomunicativa, realizada de forma online. As fotos foram expostas em varais durante a entrega do material didático que irá auxiliar os estudantes durante o ano letivo.

A professora Marcela Brito, uma das idealizadoras do projeto, conta que quem foi buscar o material apostilado da escola teve a oportunidade de ver imagens de flores no quintal, o céu azulado, frutos nos pés de árvores e conferir as frases dos participantes sobre o meio ambiente. As oficinas ocorreram no mês de março, via whatsapp.

A professora destaca que a maioria dos participantes utilizou o celular para fazer o registro das imagens. “Durante os dois encontros virtuais sobre foto e vídeo, o tema meio ambiente foi o pano de fundo para mobilizar os alunos a refletirem sobre a realidade e as modificações que o espaço natural sofre com a crise climática”, assinala.

O trabalho agradou os estudantes, que ficaram eufóricos com os resultados. “Eu gostei muito da oficina, achei muito interessante. Gostaria de participar vária vezes”, diz o aluno João Márcio Machado que fotografou seu quintal com gramado, árvore e flores.

“Eu aprendi muito com a oficina, foi muito legal”, completa Pedro Eduardo Silva.

Pais juntos

Os pais e responsáveis acabaram participando com os filhos, acompanhando os encontros e aprendendo junto.

“Achei sensacional e importante para os nossos pequenos. Criar neles o incentivo ao cuidado com o meio ambiente e desenvolver a formação de opinião deles com relação ao tema”, salienta Simar Ribeiro, mãe do Natã Ribeiro e Petter Simar Ribeiro.

Emanoely Crystine Silva, estudante do 6º ano, avalia que aprendeu muito com os encontros. “Eu gostei da oficina porque me ensinou como tirar fotos boas. Me diverti muito”. 

“Realizar a oficina com base na educomunicação é possibilitar às crianças e adolescentes se apropriarem das suas narrativas para se comunicarem, partilharem a realidade e pensarem em ações conjuntas. A exposição de fotos não se resume às fotografias em si, mas vai além, representa o ponto de vista dos estudantes que assumiram o protagonismo, suas vozes são amplificadas”, avalia a professora.

As fotos podem ser conferidas nas redes sociais da unidade escolar.

A iniciativa contou com o apoio do Grupo de Estudos em Educação Ambiental e Educação Campesina (GEAC) e Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *