OPERAÇÃO “CLEANUP”: Polícia Civil indicia 33 pessoas por envolvimento com tráfico de drogas em Várzea Grande

Trinta e três suspeitos de atuar no comércio de drogas na região de Várzea Grande foram indiciados pela Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE). O inquérito instaurado subsidiou a operação “Cleanup” deflagrada em dezembro de 2019. Os envolvidos são acusados de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas

Em dezembro passado, 19 pessoas foram presas durante a operação. As diligências foram continuadas, possibilitando a identificação dos demais suspeitos.

Com a conclusão das investigações e indiciamento dos investigados, o inquérito policial foi encaminhado ao Ministério Público Estadual, para providências cabíveis e início do processo criminal perante a Justiça.

Conforme o delegado titular da DRE, Vitor Hugo Bruzulato, foram aproximadamente cinco meses de investigações, com a coleta de elementos robustos da participação de todos os indiciados nos crimes.

“O inquérito encerrado e concluído pelo delegado Wilson Cibulskys, reforça o excelente trabalho que vem sendo realizado por toda a equipe da DRE, levando para o início da ação penal e posteriormente condenação dos acusados”, destacou Vitor Hugo Bruzulato.

Operação “Cleanup

Cinquenta e seis ordens judiciais, entre mandados de prisões e de buscas e apreensões domiciliares foram cumpridos no dia 19 de dezembro por equipes da pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE). 

As ordens judiciais, sendo 23 mandados de prisão e 33 de busca e apreensão, foram expedidas pela 3ª Vara Criminal de Várzea Grande, com objetivo de combater a ação de traficantes que atuam, principalmente, no município.

Entre os alvos, estava um policial civil aposentado que atualmente é vereador de Várzea Grande.

Nome da operação

Cleanup traduzindo para o português significa Limpar/Limpeza, em alusão à limpeza da intensa criminalidade e violência em Várzea Grande.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *