OUTUBRO ROSA: Palestras na Câmara Municipal de Várzea Grande mostram importância da prevenção do câncer de mama

A Câmara Municipal de Várzea Grande promoveu na manhã desta terça-feira (08.10), palestras de abertura da campanha “Outubro Rosa” ministradas pela motivadora, Fabiola Jossely, a enfermeira da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Cristo Rei, Cristiane Teixeira Cabral e o mastologista, doutor Marcelo Ramos.

“Que as mulheres possam se cuidar cada dia mais”, foi o que disse o presidente da Casa de Leis, Fábio José Tardin – Fabinho (DEM) durante a abertura do evento. Na ocasião, Tardin delegou a vereadora Gisele Aparecida de Barros – Gisa Barros (PSB), única parlamentar mulher na Casa, a condução dos trabalhos da Mesa.

“O toque o autoexame é necessário, mas não é o meio único de se fazer a descoberta. Mulheres a partir dos 35 anos precisam ter mais cuidados e fazer o exame de mamografia anualmente. A maior prova de amor próprio, é o autoexame. Então homens e mulheres previnam-se”, alertou Gisa.

O secretário Municipal de Saúde, Diógenes Marcondes, declarou que a Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande desde o início do ano, vem trabalhando a conscientização do câncer de mama, no entanto, nem todas que marcam comparecem para fazer o exame: “Neste ano foram marcados 2 mil exames de mamografias, porém, somente 800 pacientes realizaram”, relatou.

Diógenes ainda ressaltou os trabalhos do Parlamento, que beneficiam a saúde municipal: “Agradeço a Comissão de Saúde da Câmara Municipal liberada pelo vereador doutor Miguel Angel Claros Paz que nos apoiado intensamente e tudo que enviamos para melhoria da saúde vem sendo aprovado pelos vereadores”, destacou.

O mastologista, doutor Marcelo Ramos, pontuou a importância da conscientização e da fomentação dos serviços disponíveis na atenção básica de saúde, bem como o envolvimento dos agentes de saúde, as instituições, empresas e da própria Câmara Municipal responsável pela legislação.

“Que toda mulher se conscientize, que não tenha medo, que não tenha receio, que esteja atenta ao corpo e procure fazer os exames de rotina e as mamografias a partir dos 40 a 50 anos de idade”, disso doutor Marcelo.

Fabiola Jossely destacou que sua palestra ofertou uma contribuição pessoal: “O autoconhecimento das mulheres é mais importante do que o próprio tratamento. A partir do momento em que você se conhece, possa se tocar, a mudança acontece”, alertou Jossely.

Já a enfermeira UPA do Cristo Rei, Cristiane Teixeira advertiu que o câncer de mama não ataca somente nas mulheres: “No Outubro Rosa falamos somente da mulher, mas podemos lembrar que os homens são acometidos 1% no meio dessa situação. É importante observar, fazer o autoexame e se tiver algum nódulo ou alguma secreção diferente busquem o tratamento”, encerrou.

A Palestra contou com a presença dos servidores da Câmara Municipal e familiares, entre elas: a organizadora do evento, Elisangela Ribeiro, esposa do presidente da Casa de Leis. Entre os vereadores, foram marcados a presença de Ícaro Reveles (PSB), Caio Cordeiro (PRP), Rodrigo Coelho (PTB), Izaias Gonçalves (PSDB), Rogerinho da Dakar (PV), Claido Celestino Batista – Ferrinho (Avante) e o vereador Edilei Roque Cezaro – Neni do Chimarrão (PTC).

Representando a prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos (DEM), esteve presente a secretária de Assuntos Estratégicos, Adriana Correia Leão Monteiro, o secretário de Governo, Kalil Baracat, a subsecretária de saúde Maria da Graça Metelo e a procuradora de Várzea Grande, Sadora Xavier.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *