Para Botelho novos investimentos devem solucionar falta de água em VG

Nos próximos dias, ETA do Cristo Rei beneficiará 120 mil moradores da região

A força-tarefa instalada para solucionar a falta de água em Várzea Grande ganhou reforço com a assinatura de contrato entre o município e a Caixa Econômica Federal – CEF, nesta segunda-feira (16), à liberação de R$ 90 milhões, sendo que desse valor, R$ 20 milhões serão destinados à construção de estações de tratamento de água e esgoto. Ação que para o deputado Eduardo Botelho (DEM) irá resolver o problema de milhares de moradores que padecem sem fornecimento de água tratada em suas residências.

Botelho, que tem diversos serviços prestados no município, disse que o problema da falta de água para os várzea-grandenses está praticamente com os dias contados. Ressaltou que em reunião com o governador Mauro Mendes e o prefeito Kalil Baracat, na semana passada, ficou definido que a ETA na região do Cristo Rei entrará em operação nos próximos dias para atender toda região, incluindo, bairros como o Parque do Lago, Carrapicho e Engordador.

“Além dessa do Cristo Rei, outra ETA vai ser construída no Vale do Sol, pelo governo do estado, e mais uma ETA construída com financiamento que o prefeito conseguiu, no valor de R$ 90 milhões, sendo que R$ 70 milhões destinados para asfalto e R$ 20 milhões para resolver o problema da falta de água, que será investido na ETA de Bonsucesso e atender toda a região. Com isso, no planejamento da prefeitura, estaria resolvida a questão da água”, informou o Botelho, ao assegurar que os investimentos representam alívio aos moradores num prazo de 10 meses.

Durante a assinatura do empréstimo com a CEF, em cerimônia realizada ontem (16), o prefeito Kalil ressaltou que o maior compromisso da sua gestão é resolver a escassez no fornecimento de água no município.

“Acreditamos que vai sim resolver o problema da água, até pelo volume de recursos na ordem de mais de R$ 100 milhões, onde vamos construir três estações de tratamento de água, mais uma estação de tratamento de esgoto. Acreditamos que isso vai ser suficiente para que se resolva o problema. Também vamos fazer mais de 200 quilômetros de asfalto em Várzea Grande, esses recursos vão somar também com o que já tem previsto de emendas federais, de parceria com o governo do estado”, garantiu o prefeito.

Kalil informou que a ETA do Cristo Rei em operação será um reforço no abastecimento. As ETAs da Júlio Campos e da Ulisses Pompeo ficarão exclusivamente para o atendimento do Centro e dos demais bairros da cidade. Expectativas são de que a ETA do Cristo Rei forneça 27 milhões de litros diariamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *