PM desmantela quadrilha responsável pelo tráfico de droga em bairros de Várzea Grande

Foram tiradas de circulação 356 porções de droga, R$ 1.488.00 em dinheiro, duas balanças e cinco celulares

Seis homens foram presos na noite desta sexta-feira (07.05) por associação ao tráfico de droga pela equipe do Grupo de Apoio (GAp) do 4º BPM. A ação policial foi desencadeada nos bairros Colinas Verdejantes, Vitória Régia, João Baracat e Campo Grande. Foram tiradas de circulação 356 porções entre pasta base de cocaína e maconha.

A denúncia descrevia quem seria o chefe do grupo e responsável em abastecer as bocas de fumo nas regiões. Identificava também o resto da quadrilha à frente da venda do entorpecente.

O primeiro detido foi pego em uma motocicleta carregando uma caixa de delivery com porções de pasta base de cocaína. Ele confirmou a informação e acrescentou que o chefe ainda aterrorizava os moradores a não denunciarem a prática criminosa. Drogas foram  apreendidas em sua casa.

Ela ainda apontou a localização de mais dois comparsas que foram presos em flagrante com mais porções de pasta base de cocaína e dinheiro. Um deles contou que o irmão também faz parte do bando.

Na casa do denunciado, os militares encontraram dinheiro, mais porções de pasta base e duas munições de calibre 22. O suspeito conseguiu fugir, mas foi detido logo em seguida.

Na residência do quarto suspeito, foram encontrados mais droga e dinheiro. O homem foi detido junto com o irmão em uma casa vizinha.

Os quatro homens passaram a localização do traficante que seria o chefe e morador do bairro Vitória Régia.  Ele estava na companhia de outro homem e correram com a presença das viaturas, mas foram rendidos. Devido à resistência, foi necessário o uso de algemas e técnica de imobilização. Mais entorpecente e dinheiro foram apreendidos.

Além da droga, foram tiradas de circulação R$ 1.488.00 em dinheiro, duas balanças e cinco celulares.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *