PM desmonta organização de família e prende quatro por golpes na venda de carros pela internet

Irmã, irmão e a cunhada se associaram e estavam aplicando golpes de vendas falsas de veículos pela internet; o golpe que resultou nessas prisões foi aplicado em um morador de Montes Claros, Minas Gerais

Em Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá), policiais do 5º Batalhão de Polícia Militar prenderam nesta quinta-feira (23.07), no bairro Jardim Liberdade, quatro suspeitos, duas mulheres e dois homens, três deles da mesma família, pela prática de golpes na venda de veículos usando o nome do site OLX e o aplicativo whatsapp.

O golpe que resultou nessas prisões, a venda de um carro no valor de R$ 12.800, foi em um morador de Montes Claros, Minas Gerais. Pela manhã a PM prendeu dois homens, ambos de 21 anos, e apreendeu dois veículos, um Gol e um Ford KA, que teriam sido adquiridos com dinheiro arrecadado com golpes aplicados anteriormente.

Ao ser abordado, um dos suspeitos confessou envolvimento e disse que a conta dele estava sendo usado por sua irmã, de 23 anos, para receber pagamento de vendas “falsas”. O outro suspeito também declarou que estava “alugando” a conta para a mulher receber depósitos em dinheiro dos golpes.

Conforme narrativa dos policiais, com base na confissão do suspeito, a irmã dele e a cunhada, essa de 29 anos, seriam as “mentoras” dos golpes. As duas mulheres conseguiram fugir dessa primeira ação, porém os policiais continuaram as diligências e no início da tarde as duas acabaram presas no mesmo bairro.

A ação dos policiais do 5º Batalhão teve início esta semana, com a denúncia de uma das vítimas dos golpes, um morador da cidade de Montes Claros, Minas Gerais, que havia adquirido um Fiat Uno, pagando R$ 12.800. Depois de efetuar o pagamento ele teve o telefone bloqueado e não conseguia fazer contato com o “vendedor” para receber o veículo.

O Serviço de Inteligência do 5º BPM começou a monitorar o celular do vendedor e chegou aos dois primeiros suspeitos presos. As unidades operacionais da PM entraram em ação e fizeram a prisões.

Os policiais apreenderam pouco mais de R$ 1,2 mil com essas prisões, os dois carros comprados do dinheiro dos golpes, apreenderam diversos cartões de bancos e aparelhos celulares que mostram conversas e negociações entres os envolvidos.

Os quatro suspeitos foram entregues na 1ª Delegacia de Polícia de Rondonópolis onde a apuração do caso deve prosseguir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *